Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!

André Araújo

Licenciado em história da arte, é a arte das histórias que me move neste mundo. Os mundos de Homero e de Virgílio, de Kafka e de Marquéz, de Bukowski e de Fante, são onde encontro as palavras que me definem e me atormentam, na contínua aprendizagem pessoal para construir o MEU próprio mundo.
Lucas e o Capitão, uma pequena história
Contos

Lucas e o Capitão, uma pequena história

– CAPITÃO, CAPITÃO! – Que foi, Lucas? Tanta histeria porquê? – O inimigo, capitão! O inimigo está a aproximar-se do…
Um pouco mais alto, um pouco mais perto
Contos

Um pouco mais alto, um pouco mais perto

O Tio Amaro era o habitante mais velho da aldeia, embora tal não parecesse. No rosto refletiam-se finos rios que…
O tempo no adro
Contos

O tempo no adro

No adro a vida era lenta. Na aldeia não era menos. Mas no adro o tempo só passava duas vezes…
Estrada sem fim
Contos

Estrada sem fim

A estrada desaparecia por baixo da roda da frente como as imagens eram atiradas para os confins da memória. Essa…
Matisse – Parte III
Contos

Matisse – Parte III

Demeter, diretor do Centro de Controlo Populacional, foi o único a aperceber-se que algo diferente havia acontecido naquele esporádico contacto…
Matisse – Parte II
Contos

Matisse – Parte II

Livro atrás de livro, todos eles foram lidos, analisados, estudados e catalogados por MV30110.CON1921A. E todo o conhecimento impregnado em…
Matisse – parte I
Contos

Matisse – parte I

A chegada do mercador levantou um sem número de questões na mente de MV30110.CON1921A, Matisse o seu nome humano escolhido…
Sasha e um Humano
Contos

Sasha e um Humano

A imensidão do parque natural sempre fora um motivo para se maravilhar, mas era naquele momento um dos seus inimigos…
Floresta de pessoas
Contos

Floresta de pessoas

Sentia-se como num deserto embora não conseguisse ver mais do que alguns metros à sua frente. A floresta era densa…
Jack of Hearts – parte II
Contos

Jack of Hearts – parte II

A Rosemary logo começou a beber visivelmente muito. Estava distraída no álcool a olhar o seu próprio reflexo na lâmina…
Back to top button

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker