fbpx

Margarida Vale

Margarida Vale

A vida são vários dias que se querem diferentes e aliciantes. Cair e levantar são formas de estar. Há que renovar e ser sapiente. Viajar é saboroso, escrever é delicioso. Quem encontra a paz caminha ao lado da felicidade e essa está sempre a mudar de local.
Ó Chefe, pode dar-me um cigarro?
Crónicas

Ó Chefe, pode dar-me um cigarro?

De há uns anos a esta parte, tenho por hábito ir almoçar, num dia certo, a um restaurante que passou…
A igreja nem estava decorada
Contos

A igreja nem estava decorada

A igreja estava sobrelotada. Muitos velhos, bastantes adultos e pouquíssimas crianças, duas ou três, aguardavam o Padre da comarca. O…
Permita-se sofrer
Bem-Estar

Permita-se sofrer

A nossa sociedade está cheia de estereótipos para que se ceda com facilidade. Um dos maiores debates é a eterna…
Chama-me pelo teu nome
Cinema

Chama-me pelo teu nome

Verão de 1983. Elio, de 17 anos, vive com os seus pais na zona rural do Norte de Itália. O…
Queridos avós
Crónicas

Queridos avós

Estes são os nossos avós, os grandes heróis da geração mais dura e difícil, que soube enfrentar as dificuldades com…
Luto parental
Sociedade

Luto parental

Os sinos elevam-se, os tambores batucam e os violinos tocam quando nasce um filho. Uma nova vida que é repartida…
Mulheres
Crónicas

Mulheres

Mulher. Palavra feminina com duas sílabas. Ser humano que funciona em sistema duplo; dois seios e dois ovários. Recetáculo de…
Pós de prata
Contos

Pós de prata

Abria a janela e espreitava as ruas à espera de ouvir vozes, pensamentos incertos, queria saber se as pessoas tinham…
Plágio, o falso amigo
Crónicas

Plágio, o falso amigo

As redes sociais são um mundo extraordinário. Na verdade, são a junção de vários caminhos que se cruzam e que…
Um suave toque
Contos

Um suave toque

Foi assim que te recordei, naquela madrugada de luz difusa e de muito calor. Ainda não havia nada que se…
Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.