fbpx
Bem-EstarLifestyle

A vida dá-nos asas!

O mundo surpreende-nos todos os dias quando o sol nos abre a porta da vida.

Podemos ter a bagagem carregada de dores do passado, mas a vida dá-nos sempre a oportunidade de continuar a viver e a distribuir sorrisos por esse universo infinito, onde encontramos razões para sermos felizes.

Talvez o melhor seja, deixar essa bagagem pesada que carregamos sobre os ombros nesse passado já envelhecido que não quer acompanhar o nosso passo. Deixar-lhe as memórias de tudo o que vivemos para que ele nunca se sinta sozinho e vá continuando a sua caminhada.

Por vezes, queremos escolher o que a vida já decidiu, sem repararmos que foi ela quem apagou aquele atalho que nós quisemos desenhar e que não fazia parte do nosso percurso.

O caminho certo sempre será o que escolhemos de olhos fechados seguindo a intuição da alma que conhece o livro da vida. Ninguém nos livra de pisarmos algumas pedras pontiagudas durante esta caminhada, mas deveremos sempre acreditar que depois de uma tempestade [que por vezes não entendemos] irá chegar a nossa tão merecida felicidade.

A vida é a soma dos momentos em que não fazemos escolhas por estarmos ocupados a vivê-la. A vida é a soma desses instantes em que vivemos esquecendo tudo o que nos rodeia. E se por vezes, quando despertamos, não encontramos o arco-íris não devemos lamentar o que já passou e que ninguém nos irá roubar da memória.
A vida dá-nos asas, mas somos nós que temos de aprender a voar.

A viagem que fazemos é o resultado do tempo que levamos até aprendermos a voar sozinhos. Se formos demasiado lentos poderemos ter perdido toda uma vida de momentos que não foram vividos. De nada nos vale tentar encontrar culpados para que o dia de hoje tenha amanhecido nublado, se ainda sentimos em nós o calor de quem ontem celebrou connosco a alegria de estarmos vivos.

É preciso aprender que depois de uma tempestade sempre volta a bonança e que se o sol se atrasou para nos vir cumprimentar, isso não é desculpa  para deixarmos de sorrir para a vida.

É preciso abrir as janelas e deixar a vida circular. Se o perfume das lembranças ainda estiver entranhado em nós não devemos chorar, mas sim aproveitar para perfumar as memórias desses bons momentos que a vida nos proporcionou.

A vida sabe sempre para que lado nos encaminhar e com ela nunca estaremos perdidos.

O passado foi ontem e hoje é mais um dia da nossa vida. A vida vale pelo que vivemos. E é pelo valor desses momentos que definimos a nossa história.

Podemos ter escassos minutos de felicidade, mas ela pode valer por horas de emoções que nunca mais iremos esquecer.

Quando a vida nos pintar nuvens escuras no céu teremos que procurar pelo arco-íris que está escondido no nosso sorriso. Nem tudo o que procuramos tem que ser bom, mas também não é por isso que vamos desistir de procurar pelo melhor que nos pertence.

Desistir é para quem não é grato por tudo o que vida já lhe deu.

É preciso que nos lembremos sempre de que as coisas mais valiosas que conquistamos sempre trouxeram com elas algumas marcas das quedas que tivemos de dar para nos pudermos transformar em vencedores.

Vencedores são aqueles que têm o corpo marcado pelos momentos que viveram e em que foi um sorriso que os vestiu para enganar o inimigo.

Angela Caboz

Olá sou a Ângela, nasci no Algarve (Tavira) em 1966 e desde cedo que me apaixonei pelo mundo das palavras. Sou técnica administrativa e aprendiz de escritora nas horas livres. Escrevo o que a Alma me dita e vivo o que coração me pede ... é assim que as palavras se soltam para colorir as páginas da vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo
%d bloggers like this:

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.