fbpx
Televisão

Shadow And Bone: Sombra e Ossos (2021) – Crítica

Getting lost can happen even when you know where you are.

– Alina

Shadow And Bone é uma série de fantasia que conta a jornada de Alina Starkov, uma orfã que liberta um enorme poder que parece ter a força para mudar o mundo daqueles que a rodeiam.

Se tivesse que definir esta série em poucas palavras, diria: apressada e pouco carismática. Acho que falha em imensos pontos basilares de qualquer boa série de fantasia e não consegue cativar o espectador da maneira que pretende. A série não dá tempo a si própria para estabelecer as suas personagens e fazer-nos importar com elas.

Quanto à representação acho que Jessie Mei Li como a protagonista Alina não está a altura do que o papel pede e falta lhe carisma e segurança na representação que dá. Ben Barnes é outro exemplo de falta de talento e a própria personagem acaba por ser uni-dimentional. Outros núcleos secundários acabam por fazer com que a série tenha alguns aspectos positivos no que toca a personagens, infelizmente, a maior parte do tempo é passada com as personagens menos interessantes. Quanto a efeitos especiais é uma série muito competente que usa de forma correta todas as ferramentas e orçamento que tem ao seu dispor. Não é uma série, ainda assim, que possa recomendar.

* CUIDADO COM SPOILERS *

Falando mais concretamente agora de algumas premissas e personagens, Alina é recrutada por ter um poder enorme que esta própria não sabe que possui, mas isto é nos contado de uma forma quase instantânea e numa altura em que ainda não sabemos bem quem ela é, nem o seu contexto. Isto acontece quase com todas as personagens, nós somos apresentados a personagens que já estão a meio de uma jornada, sem nos ser explicado o que se passou para trás. Para mim pareceu quase que estava a ver uma segunda temporada de uma série e que para a entender tinha que ter visto a primeira temporada.

Os núcleos que falei em cima que faziam uma parte da história funcionar são o grupo chamado “The Crows” ou “Os Corvos”, composto por : Kaz (Freddy Carter), o líder deste grupo que pretende desvendar quem é Alina e o seu poder, a personagem é muito bem interpretada pelo jovem ator com um balanço de determinação e de ponderação; Inej (Amita Suman) , a mulher do grupo e provavelmente é a mais corajosa e destemida, ela vê as suas crenças desafiadas ao longo da série e isso dá à personagem mais camadas e uma maior riqueza; em último mas não menos importante, temos o terceiro elemento do grupo : Jesper (Kit Young) , um “chico-esperto” muito habilidoso com armas e uma pontaria irreal, ele é no fundo o alívio cómico de todo grupo e consequentemente de toda a série. Os três juntos brilham quando estão presentes em cena, o que infelizmente destoa muito dos protagonistas, e torna-se daquelas séries em que só queres ver quando está aquele núcleo presente.

Outra parte que acho ter funcionado foi a personagem Nina (Danielle Galligan), a belíssima atriz irlandesa faz aqui um ótimo papel , numa linha narrativa isolada do resto da história e acaba por ter sempre boas cenas entregues a ela com uma boa química com o seu parceiro de cena Calahan Skogman que interpreta o seu inimigo/interesse amoroso e os dois funcionam super bem.

Os efeitos especiais brilham em várias partes desta série que lida com magia, e existem muitas cenas de luta (por vezes demasiado extensas) em que isto é bem usado.

Tirando isto a série não é de facto muito interessante, tirando alguns twists que são bem feitos com a personagem Kirigan, nada parece ter a importância que a série quer que tenha. O final da série aponta para uma óbvia segunda temporada, mas não é uma que tenha muito interesse em ver, a menos que as personagens principais sejam recolocadas de uma forma muito mais credível, desenvolvida e carismática.

Episódios Favoritos

S01E05, “Show Me Who You Are”: No meio dos 8 episódios existentes, acho este o único episódio digno de menção, foi um episódio visualmente bonito, com boas interpretações e ótimas revelações e twists que justificam algumas das ações aparentemente incompreensíveis de algumas das personagens

Shadow And Bone

Argumento - 25%
Interpretação - 35%
Efeitos Especiais - 70%
Produção - 55%

46%

4/10

Uma aventura apressada e com falta de carisma

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo
%d bloggers like this:

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.