fbpx
Bem-EstarLifestyle

Enquanto não vem a pressa

Enquanto não vem a pressa, vou dedicar-me a mim. Ao que deixei por fazer nestas últimas semanas, neste meses, e anos.

Quem sabe preparar aquele projecto que teimo em ser relutante ao meu valor para o pôr em acção, ou aqueles livros que estão na gaveta e que todas as semanas o meu agente literário continuar a acreditar em mim.

Enquanto não vem a pressa, vou cuidar das minhas rotinas e a manter-me ocupada, não porque tem que ser porque os outros assim o querem.

Não, vou vestir-me todos os dias como mais um dia de acção, para me encher de amor em mim. Sim o amor está dentro de mim, não sabias?

Enquanto não vem a pressa, vou respirar com tempo, vou meditar no que falo comigo mesma. Vou ouvir-me mais do que me tenho dedicado.

Vou pisar o chão da nossa casa, para me enraizar mais e mais na descoberta de quem sou, para ter sempre a realidade nos voos e quando desligo do mundo cá fora e me absorvo na minha praia.

Enquanto não vem a pressa, vou ver o mundo lá fora e ter a serenidade que o mundo me pede. Vou manter-me segura, e em harmonia, ao contrário dos primeiros dias que me amedrontei pelos meus.

Os meus que são do meu sangue e que estiveram longe do coração e dos olhos, e que retornaram no luto do sofrimento.

Enquanto não vem a pressa, vou rir acompanhada de ti e de todos que me são próximos ou não… mas vou querer conhecer-te mais, porque não me julgas e estás lá para rir comigo!

Porque rir limpa e suaviza a realidade, afinal eu descobri nos últimos anos que sou boa a fazer os outros rir, e que rir quebra gelos e que aproxima montanhas e oceanos.

Enquanto não vem a pressa, fecho ciclos, torno-me ainda mais atenta na descoberta de ti e de nós, envolvo a nossa casa e o nosso ninho de amor, para fazermos do nós uma família real e não as que todos esperam que sejamos.

Eu não sou nada do tem que ser, sou uma mulher vivida, que apesar de me superar todos os dias, sempre amei ser mulher no corpo que sou, eu sou provavelmente o que muitos se envergonhariam, porque sou a carne e o fogo que tantos não querem ser nem procurar.

Enquanto não vem a pressa, é hoje que fica tudo bem, porque eu faço do agora o meu arco-íris.

Tu que estás aí, enche o teu coração de amor e de arco-íris, e faz o mesmo por quem te rodeia e envolve, seja os do teu sangue, os que te confortam, ou mesmo quem te abre a porta do supermercado onde vais nesta quarentena. Estás viv@, enche-te de vida, e vive por ti! O mundo será também melhor somente por isso! Ajuda o mundo de tod@s nós a ser melhor e a vivermos com o tempo que temos. Desfruta da pressa que não vem.

Liliana Brazuna

Coach, Terapeuta e Blogger, com enorme sede de escrita. Adoro a paixão com que coloco todos os meus desafios diários. O meu principal objectivo é viajar para conhecer diferentes culturas.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.
%d bloggers like this: