fbpx
CinemaLiteratura

Histórias intermináveis

Será que todas as histórias têm princípio, meio e fim?

Perguntamo-nos muitas vezes, principalmente os fãs, qual o motivo de certas obras literárias ou cinematográficas transformadas em sagas terminam bruscamente.

Existem vários motivos, o principal é o autor não querer que a história original criada por ele próprio seja desvirtuada. Por isso, metem um ponto final numa história de sucesso, evitando o cansaço da obra e retirando-a num momento áureo.

No entanto, se olharmos para histórias como Harry Potter ou A Guerra dos Tronos verificamos que estas são intermináveis. Apesar dos autores deixarem de dar seguimento à história, vão surgindo sequelas de filmes e séries e novos livros, que não deixam a história nem as personagens principais “morrerem”.

Todas estas novas sequelas e novos livros vão desvirtuando a obra original, alterando o rumo da história criada pelo autor, provocando nos fãs um certo desanimo. Fãs esses que estavam habituados a uma certa magia memorável nas obras originais, mas que já não encontram nessas histórias.

Apesar disso, o mais importante para os fãs não é a qualidade da obra, mas, sim, a continuação da saga, esperando que a próxima sequela ou livro seja melhor e faça jus à obra original.

Só que nunca será. Ninguém consegue superar o criador original da história, aquele que a imaginou e que, com o seu coração, a criou como um “filho”.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.
%d bloggers like this: