Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CulturaMúsica

Vasco da Gama – 36 anos depois

O disco mais raro do heavy português

Foi no passado dia 13 de Abril, em jeito de celebração do record store day, que a Carbono, loja de discos, em Lisboa, lançou a reedição de um dos discos mais raros e procurados pelos fãs do som mais pesado, em Portugal. Uma verdadeira pérola, cuja, edição original, chega a atingir preços exorbitantes, em sites de venda. 400 euros, foi o valor mais baixo a que encontrei à venda, este disco de 1983, da pioneira banda de heavy metal português, Vasco da Gama, que incluía na sua formação Carlos Jorge Miguel (guitarra), Tó Andrade (baixo), Luís Sanches (vocais) e Gil Marujo (bateria).

Os Vasco da Gama formaram-se em 1982, pela vontade de Carlos Jorge Miguel, luso-descendente, de raízes beirãs (que até então vivia em França), em vir conhecer melhor o país e o rock que por cá se ia fazendo. Chegado a Portugal de autocarro e fazendo-se acompanhar de dois amplificadores Marshall e quatro guitarras, decidiu procurar outros músicos para tocar e formar um projecto. É então que coloca um anúncio na revista “Música & Som”.

É através desse anúncio, que conhece o baixista, Tó Andrade, que vinha dos Go Graal Blues Band, banda de hard-rock/blues, onde cantava Paulo Gonzo e decidem avançar com a banda.

Com a formação completa e apenas três meses de existência, fazem o seu primeiro espectáculo ao vivo, a convite de Pita, técnico de som da mítica sala lisboeta, Rock Rendez-Vous, no dia 14 de Janeiro de 1983. Presente nesse espectáculo estaria alguém da editora Discossete, que mostrou interesse em lançar o disco de estreia dos Vasco da Gama.

E foi assim que entre Junho e Julho desse mesmo ano, com mais tempo em estúdio, do que normalmente as editoras disponibilizavam às bandas da altura, que gravaram o seu primeiro e único disco, produzido pelos próprios Carlos Jorge Miguel e Tó Andrade. Disco esse que saiu ainda em 1983.

Com alguns concertos esgotados e a abertura para os Diamond Head, a 11 de Maio de 1984, no Pavilhão Os Belenenses, em Lisboa, a banda termina ainda nesse ano, sendo a sua última aparição, num programa de TV, apresentado por Júlio Isidro. Uma fugaz, mas intensa existência.

Sendo a edição do único disco da banda, uma prensagem de poucos exemplares e alvo de má distribuição, tendo até as masters sido destruídas, faz dela uma edição rara e muito procurada, pelo que esta reedição em vinil e CD, por parte da Carbono, peca apenas por tardia. Dado a destruição das masters originais, o som desta reedição teve que ser extraído de um exemplar em vinil, da altura, tendo o som, sido recuperado, para reduzir os cliques e ruídos. A cereja no topo do bolo, são os temas bónus presentes no CD, gravados num concerto ao vivo, em 27 de Maio de 1983, no Rock Rendez-Vous, dois dos quais inéditos.

Obrigado Carbono!

 *Em 1988, a Discossete lançou uma compilação em K7, com temas dos Vasco da Gama, Ibéria, Samurai.

*Tó Andrade, Faleceu a 25 de Abril de 2015

*Carlos Jorge Miguel, que com o fim da banda, voltou para a França, encontra-se à presente data a residir em Portugal.

Discografia aconselhada:

  • Xarhanga – Acid Nightmare (1973)
  • Xarhanga – Great Goat / Smashing Life (In A City) (1973)
  • Go Graal Blues Band – Touch me Now / Lay Down (1981)
  • NZZN – Forte e Feio (1982)
  • Go Graal Blues Band – Blackmail (1983)
  • Iberia – S/t (1988)
  • Casablanca – Tanto (1990)
  • Tarantula – Kingdom of Lusitania (1990)
  • Ferro & Fogo – Vidas (Re-ed. 2008)
  • Beatnicks ‎– Heavy Freaks Back In Town (Re-ed. 2009)
  • Objectivo ‎– Out Of Darkness (Re-ed. 2009)
  • V12 – Born To Die / The Last Waltz (The Diehard Tapes) (Re-ed. 2013)
Fonte da Imagem: Loud Magazine
Tags

Pedro Carramão

Natural de Lisboa dos anos 80. Musico-dependente. Com algumas incursões em projectos rock/metal. Escritor de abismos. Técnico auxiliar na área da saúde. Tenho como principais hobbies a música, a escrita, a leitura e a culinária.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: