+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

DUFFY – Mercy

A cantora galesa Duffy, detentora de um timbre de voz único, desapareceu do meio artístico sem deixar rasto! Não que acompanhasse atentamente o percurso da cantora, mas, na altura em que surgiu no panorama musical (2008) e pelos hits que se seguiram, nada faria prever que se iria evaporar. Lembro-me que fui ao Super Bock Super Rock no Restelo com imensa curiosidade para ver a cantora. Teria ao vivo a mesma qualidade e presença? E devo dizer que valeu bem a pena, não decepcionou.

Quem não estiver a ver quem é a Duffy, deixo o “Mercy” e assim que ouvirem os primeiros acordes vão relembrar que esta música passou na rádio até à exaustão! O seu álbum de estreia foi um sucesso estrondoso em todo o mundo, em parte embalado por “Mercy” e “Warwic Avenue”.

“Rockferry” o álbum de estreia lançado em 2008, entrou na UK Albums Chart em nº1. Foi o álbum mais vendido na Grã-Bretanha nesse mesmo ano com 1,68 milhão de cópias vendidas. O álbum chegou a disco de platina e vendeu mais de 7 milhões de cópias em todo o mundo, estabelecendo “Mercy” e “Warwick Avenue” como hits.

Em 2009 recebeu o Grammy de melhor álbum Pop Vocal por “Rockferry”, e foi também indicada para outras duas categorias. No mesmo ano ganhou três Brit Awards: Melhor Novo Artista Britânico, Melhor Artista Feminina Solo e Melhor Álbum Britânico.

Em 2010, Duffy terminou as gravações de seu segundo álbum “Endlessly” lançado em Novembro desse ano. No entanto, em Fevereiro de 2011 anunciou que faria uma longa pausa na indústria musical antes de trabalhar em seu terceiro álbum para se dedicar em paralelo à carreira de representação.

O tempo foi passando e dei por mim a pensar o que teria acontecido para nunca mais se ter ouvido nada dela. Por vezes surgem alguns artistas que vivem apenas de uma música ou álbum mas, em meu entender, a Duffy não estava nesta categoria. Que se teria passado para que ela se tivesse evaporado?

A própria cantora sentiu necessidade de explicar o seu desaparecimento após o lançamento do segundo álbum, de acordo com a própria foi raptada e drogada num restaurante na comemoração do seu aniversário e que tudo isso culminou num período de cativeiro em que foi também violada pelo raptor. O trauma e o medo dominaram a sua vida ao longo de uma década! Por isso, ainda que tivesse anunciado uma pausa na carreira nunca seria por estes motivos. Se quiserem saber mais sobre este terrível episódio da vida da cantora, nas suas própria palavras podem lê-lo aqui.

As boas noticias é que o regresso está confirmado e a cantora vai voltar. Seria uma pena o mundo se ver privado de um voz tão bonita como a da Duffy. Esperemos que seja um regresso calmo para ela e que consiga superar com distinção as tormentas que viveu.

Share this article
Shareable URL
Prev Post

Workaholic vs. Worklover

Next Post

História, Folclore e a extinção dos gambuzinos

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Read next