fbpx
CinemaCultura

Bilhete para o Paraíso

image

Hoje vamos de viagem até Bali. Sim, ganhamos um bilhete para esse paraíso.

Mas antes que eu comece a escrever demais, deixo aqui aquele aviso habitual.

“O meio da minha frase interrompeu o início da tua?”

Ah! Disparate! Não é este.

Agora sim.

*Este artigo pode conter muitos spoilers*

Não sei se podemos chamar de paraíso a um local onde os golfinhos mordem pais, as mães roubam alianças e os noivos jogam beer pong com os pais da noiva. Contudo, o que vos posso garantir é que temos aqui uma comédia bem divertida com o nosso casal de ladrões mais famosos.

Pois é, temos George Clooney (David Cotton) e Julia Roberts (Georgia Cotton) como casal de atores principais nos papeis de pais da nossa inocente Lily Cotton (Kaitlyn Dever) advogada recém formada que como viagem de formatura resolve ir com a sua melhor amiga Wren Butler (Billie Catherine Lourd) até Bali para descansar (dizem elas) dos imensos anos somente a estudar.

O descanso é realmente verídico, até mergulho fazem. O barco de regresso é que se esquece delas.

Claro que como se trata de uma comédia romântica, tem de haver um príncipe encantado chamado Gede (Maxime Bouttier).

Gede e Lily apaixonam-se e a nossa Lily já não regressa à América. E é aqui que começa toda a aventura dos nossos casais.

Já vos disse que Georgia e David são divorciados e se odeiam? Pois é! Odeiam-se e não é pouco. Aqui é que tem toda a piada.

Mas em uma única coisa estão totalmente de acordo, a Lily não se pode casar.

Podem imaginar, mas acho que não conseguem adivinhar nas aventuras que estes dois se metem para atrasarem ao máximo a cerimónia, ou até mesmo cancelá-la.

Será que a pequena Lily tem o seu casamento de sonho?

Não vou revelar mais spoilers, deixo-vos, sim, o trailer e espero que se divirtam com o filme tanto quanto eu.

Nota: este artigo foi escrito seguindo as regras do Novo Acordo Ortográfico.

O que pensas deste artigo?

0
Adoro
0
Estou in Love
0
Não sei bem
0
É Divertido
Ana Gonçalves
Nascida e criada em Castelo Branco, Portugal. Em 2010 nasce o meu maior tesouro, a minha razão de viver e o meu melhor amigo, o meu filho. O meu maior sonho é realizar todos os seu sonhos. Tenho um gosto enorme por viagens. Diversão e boa disposição não faltam. Nunca há mau humor por estes lados. Somente me iniciei na escrita aos 32 anos, apesar de ter o gosto pela leitura desde sempre. Os livros que me deixaram rendida à literatura foram "A Lua de Joana" de Maria Teresa Maia Gonzales, seguindo-se "Os Filhos da Droga" de Christiane F.

    Deixar Comentário

    O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

    Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.