fbpx
Bem-EstarLifestyle

A arte de acreditar.

por Andreia Ferreira

Isto de acreditar que vai correr tudo bem é legítimo, encorajador, mas o pensamento positivo só por si, não chega, não é o suficiente porque o pensamento é só uma parte de nós e é algo superficial. O que realmente tem impacto na nossa vida é o nosso comportamento, que de certa forma, é consequência das nossas crenças.

Na prática, comporta-mo-nos com base naquilo que acreditamos, mesmo que à primeira vista não haja uma relação directa. As pessoas que não estão alinhadas consigo próprias vão ter alguma dificuldade em associar o comportamento à crença por uma razão simples: ainda não são honestas consigo próprias e então atribuem a responsabilidade de determinados acontecimentos a entidades exteriores, quer sejam outras pessoas, quer sejam energias divinas.

Claro que não existem verdades universais e que cada um interpreta o mundo à sua maneira, mas podemos concordar que as crenças podem ser determinantes nos limites que nos colocamos.

Infelizmente ser bom e ter bons comportamentos não é o suficiente para atrair coisas boas, pois, o universo não distingue o bom do mau, apenas coloca no nosso caminho, o que cada um de nós atrai em consequência do seu comportamento (o que inclui as decisões que se tomam).

Com base nisto, o que vai fazer toda a diferença é começarmos a prestar atenção às nossos hábitos e a tudo aquilo que fazemos.  Acrescentando então a atenção plena, o foco passam a ser as nossas realizações e aos poucos deixamos de nos distrair com os pensamentos superficiais que podem gerar questões contrárias e serem desencorajadores.

Pegando no exemplo dos nossos sonhos, muitas vezes nos sentimos tristes a pensar nos objectivos que não concretizamos e esse sentimento gera energia negativa e em consequência começamos a acreditar que não somos merecedores, que não somos capazes ou que não temos competências para e isso altera o nosso comportamento: de alguém com sonhos passamos a ser infelizes e deixamos de lutar. E quando nos damos de conta, deixamos de acreditar, deixamos de querer e a mensagem que enviamos ao universo é que aquela realidade, que um dia sonhamos, já não é positiva para nós e não nos faz feliz. O universo não processa, apenas retorna e por isso vamos-nos afastando ainda mais daquilo que queríamos porque tudo mudou, quer no tempo, quer no espaço e permitimos que aquele sonho, que um dia criamos, seja comido, afastado e assombrado pela descrença e a nossa mente cria outra realidade.

Um pouco assustador, não é? Não. Na verdade é maravilhoso como tudo está ligado, pelo menos sabemos com o que podemos contar. É impressionante como a crença que temos em nós é o que nos leva na direcção certa.

Eu sei que nem sempre a vida é fácil e existem desafios, barreiras a ultrapassar, muros a destruir, este ano de 2020 tem sido um exemplo disso para todos, mas se isto serviu de alguma coisa, que seja para dominar a arte de acreditar em nós.

Andreia Ferreira

Sou inspirada pelo mundo. Tenho a forte crença que tudo acontece no momento certo, que o mestre aparece quando o aluno está preparado e que por detrás de cada contrariedade há sempre uma oportunidade para aprender alguma coisa. A sincronização do universo é das coisas que mais me fascina por isso, estejam atentos ao que o universo vos leva.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: