fbpx
Bem-EstarLifestyle

O poder das palavras

remete-me ao silêncio!

Escrever é um dos meus modos de vida e estados de alma favoritos.

A escrita pode ser uma forma de verbalizar vivências e emoções, mas é também uma maneira de manifestar ao mundo o espelho de nós mesmos, tal qual somos.

A escrita tem um poder gigante de adensar ou suavizar sentimentos que nos invadem, e que de repente nos transformam em poderosos seres, ou em invulgares e inseguros passageiros deste planeta Terra.

Passamos pela vida e pelas emoções, tantas vezes sem ao menos as conseguir apreciar, desvalorizando o que importa e idolatrando mesquinhices e menos valias que nada de novo trazem ao mundo, e ainda menos a cada um de nós.

A escrita passa pelo seu crivo o bom e o mau, e permite que se vislumbre e perceba, palavra após palavra, o sentimento que nos liga a uma ou mais pessoas, mas também nos pode transportar para viagens longínquas que nos permitem vislumbrar lugares extraordinariamente fantásticos, que nos aliviam a vista e nos engrandecem o coração, tamanha é a sua beleza e tão gigante o seu esplendor.

Um pôr do sol se for literalmente bem transposto para a escrita, permitirá que após terminar a leitura, cerremos os olhos e consigamos transporta-nos exatamente para o local descrito no excerto que acabamos de ler.

Contudo, a escrita também é companhia para quem lê, para além de, em variadíssimos casos ser também ensinamento, ou mesmo partilha de experiências de vidas de outras pessoas que através da sua escrita, nos deixam verdadeiros registos de sabedoria que podemos usar na nossa vida ou até mesmo na nossa atividade profissional.

Apesar de todas as virtudes que a escrita possui, ela começa por ser um ato solitário, o que existe é apenas o pensamento de quem escreve e as palavras que depois resultam da transposição dos pensamentos.

E este momento de solidão em que apenas se escreve, pode resultar em muitos e bonitos momentos de partilha do foi escrito, ou pode simplesmente valer por si só, como o registo de um pensamento e/ou o relato de uma determinada situação ou acontecimento na vida de alguém.

Escrever para mim é uma necessidade de alma, alivia-me o coração e ajuda-me a partilhar junto de quem me lê um pouco do que me vai por dentro, bem como a exposição de opiniões sobre a vida louca do dia a dia, e que por vezes de outra forma, nem sempre temos oportunidade de partilhar.

Sou assim, pois, irremediavelmente dependente deste ato solitário que me torna tão leve como uma ave e que faz de mim o ser mais ligeiro e transparente que possa jamais existir sob a face da terra. A liberdade em todo o seu esplendor!

Na verdade, nas palavras encontro muitas vezes o sentido da vida, e a razão de existir, afinal se bem pensássemos, com boas palavras, e por “boas” entendam-se positivas, de alento e de coragem, o mundo que todos partilhamos seria verdadeiramente diferente, já pensou nisso? Não sei se seria melhor, se pior, mas seguramente diferente. A palavra dita é uma das três situações não reversível, ou seja, depois de dita ou escrita, pouco há a fazer, não tem como recuperar, nem voltar atrás, que o digam tantos de nós.

É assim a palavra, poderosa, um imenso e excelente instrumento para quem a souber usar.

“Quando eu fui para a escola, perguntaram-me o que eu queria ser quando crescesse. Eu escrevi: “feliz”. Eles disseram-me que eu não entendi a tarefa, e eu respondi que eles não entendiam a vida”

John Lennon

Ana Paula Marques

Assumo sem qualquer tipo de pudor o grande gosto que tenho pela escrita, e pelo ato de escrever palavra após palavra, construindo momentos de reflexão e procurando embelezar os nossos dias. Verter palavras transformando-as em textos, são momentos de criatividade que me fazem mais feliz, e que espero, possa transformar de algum modo a vida de quem lê o que escrevo com tanto amor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.
%d bloggers like this: