+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Um Homem chamado Otto

Um Homem Chamado Otto. Que filme maravilhoso. Pergunto aos senhores lá dos EUA, porque é que não ganhou nenhum Óscar?

Este filme teve a sua estreia em dezembro de 2022. E é a adaptação do livro “A Man Called Ove”, de Fredrik Backman.

Se vamos assistir a este filme pensando que vamos encontrar algo como “À Espera de um Milagre”, “O Resgate do Soldado Ryan” ou até mesmo “Forrest Gump”, apanhamos uma grande desilusão.

Mas, se vamos de mente aberta e à espera de um Tom Hanks totalmente diferente, este será então um GRANDE FILME.

Assisti a este filme, pois não me estava a apetecer ver nada de comédias românticas, ou algo desse género. Mas o resultado foi exatamente o mesmo. Diverti-me imenso e acabei o filme com as lágrimas a escorrer pela cara.

Oh bolas! Já me ia esquecendo de vos avisar.

*PODE CONTER MUITOS SPOILERS* 

O filme passa-se nos subúrbios de Pittsburgh, no estado norte-americano da Pennsylvania e conta-nos a história de Otto Anderson (Tom Hanks), um viúvo antissocial que vive sozinho e como não se consegue adaptar à realidade da sua vida após a morte da sua esposa, está sempre a tentar arranjar formas e a tentar ganhar coragem para deixar este mundo.

CURIOSIDADE: 

O ator que interpreta o papel de Otto quando era jovem, é nada mais que o filho de Tom Hanks, Truman Theodore Hanks.

Otto era o presidente da associação do condomínio no bairro onde vive, mas sem fazer caso da destituição continua diariamente a exercer essa mesma função. Ora como bom reformado sem nada para fazer, continua a tomar conta do bairro. E a ser o mal humorado do costume.

Mas com a chegada da família de Marisol (Mariana Treviño) tudo se altera, (menos o mau humor do nosso Otto).

Marissol está grávida de quase final de tempo, e como boa latina e boa vizinha que é, está sempre a levar comer ao seu vizinho rabugento.

Otto não acha muita piada no início, mas lá se vai rendendo.

Imaginem só que ele até de babysitter das crianças de Marisol faz. E ensina a grávida Marisol a conduzir.

Os animais escolhem os seus donos e é realmente verdade. Certo dia um gato aparece na vida de Otto, que o tenta enxotar todos os dias, até que o levou para dentro de casa.

Quando o coração de Otto começa a descongelar, eis que lhe prega uma grande partida.

Temos um filme para toda a família assistir. Tragam muitas pipocas porque vale bem a pena.

Confesso que, quando me indicaram este filme, fiquei meio apreensiva, não tinha ouvido falar muito dele e não tinha feito a minha pesquisa antes. Vi mesmo sem saber ao que ia. Prendeu-me ao ecrã, não parei de ver, nem pausa para o WC fiz. É realmente um bom filme para se assistir agora nas noites mais frescas ou nas tardes chuvosas que se avizinham.

Não é à toa que a pontuação de audiência no site Rotten Tomatoes está a 97%.

Fiquemos com o trailer para abrir o apetite!

Nota: este artigo foi escrito seguindo as regras do Novo Acordo Ortográfico.

Share this article
Shareable URL
Prev Post

Atenção: “Não é Amor, É Uma Relação Tóxica”

Next Post

Desafios da geração digital

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Read next

Aladdin

Estava completamente ansiosa para ver este filme. Não só porque foi um filme que marcou o início da minha…