fbpx

Sandra Ramos

Sandra Ramos

Sou formada em Gestão, com especialização em Transportes Marítimos e Gestão Portuária, área onde desenvolvo a minha actividade profissional. Sou adepta da causa animal e voluntária ocasional. Comecei as minhas aventuras na escrita em 2017, com uma Menção Honrosa num Concurso de Autores, tendo a partir daí participado em algumas Antologias e num Concurso de Speed Writing. Edito uma página e blogue do mesmo nome: Escrevinhar / Sandra Ramos, e fui cronista na revista on line Bird Magazine. Descobri que não vivo sem escrever. Apercebi-me, também, que são as nossas características temperamentais mais difíceis que nos aproximam das pessoas com ousadia suficiente para nos amarem.
Ser-se Pai ou ter-se filhos?

Ser-se Pai ou ter-se filhos?

Ser mãe é, de tudo aquilo que sou, o que mais gosto de ser. Mais do que isso, é  das…
Seis nomes para um bote

Seis nomes para um bote

Num destes dias de sol, deambulei por entre as embarcações atracadas na marina. Gosto de ver os nomes, inventar-lhes uma…
Bullying escolar em tempos de quarentena

Bullying escolar em tempos de quarentena

Nunca gostei de cor-de-rosa. Nem quando era menina, achava dum desinteresse imenso, e tendo opção, escolhia sempre o azul, à…
Lipstick Index ou efeito batom – da beleza à economia

Lipstick Index ou efeito batom – da beleza à economia

Na véspera de voltar ao escritório, parei para pensar no que teria a fazer na manhã seguinte. Depois de alguns…
Tu pars seul ou tu veux que je t’envoie?

Tu pars seul ou tu veux que je t’envoie?

Naquele verão, aprendi muito. Gaiata pequena, 6 ou 7 anos,  habituada à claustrofóbica cidade, onde nem na rua me era…
A Livraria

A Livraria

Naquela tarde, dormitei no sofá: a casa vazia, a minha cadela a embalar-me com o seu ligeiro ressonar, o sol…
Fortaleza-Humana

Fortaleza-Humana

Nestes dias, de maior recolhimento, tem havido tempo para muito: para o tele-trabalho, para as horas de trânsito recuperadas em…
A galinha da vizinha é sempre melhor que a minha…

A galinha da vizinha é sempre melhor que a minha…

Num destes dias de recolhimento (ainda) voluntário, instalei-me na minha varanda mais soalheira, munida de cadeira e livro. Aí, enquanto…
O elogio dos brutos

O elogio dos brutos

Ei-los, os brutos, aqueles que sem decoro, sem requinte, vociferam cruezas a quem nada lhes perguntou. Ei-los, os boçais, que…
Queres ser meu padrinho?

Queres ser meu padrinho?

É ideia comum que as revistas femininas são, regra geral, muito dadas à futilidade. É um preconceito. E porque estou…
Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker