fbpx
Sociedade

Mulheres

As mulheres maduras não estão preocupadas com as tricas e as fofocas que possam circular. Para elas o tempo é precioso e todo o que existe é para aproveitar. Se cai algum no chão, aquele que se diz perdido, não se pode voltar a apanhar. O viver é todos os dias e serve para amealhar.

As mulheres maduras são pessoas bem resolvidas que guardam os seus pequenos conflitos em cofres secretos e esquecem-se onde a chave ficou guardada. O passado fica onde estava e o resto é a luz que guia e indica. O chão que pisam é o certo e se ainda houver as encruzilhadas de baralhar, o que há a fazer é voltar a tropeçar.

As mulheres maduras não se incomodam com piadinhas sem sal nem sentido. O que tomba e se derrama não faz qualquer peso na avaliação das suas necessidades. As escolhas estão feitas e o que vier é sempre ganho. O tempero da vida é o que fica e que resta para se continuar.

As mulheres maduras também cometeram erros e recordam-se de todos como se ainda fossem jovens e imaturas. Foi com eles que cresceram e amadureceram, ganhando o calo que lhes tem servido para guiar. São estrelas que as visitam em noites de alguma insónia e que teimam em ficar.

As mulheres maduras são todas muito belas. Cheias de sapiência e de segredos que os outros nunca conseguirão desvendar. Sabem sorrir como se o mundo se iluminasse e sabem esconder as dores que as incomodam em dias de muito calor. O frio ajuda-as a não chorar e a relembrar que são dotadas de clarividência.

As mulheres maduras olham de frente e não têm nada a esconder. Apenas dão o que querem e nada esperam em troca. Elas sabem que quem cria expetativas sai sempre defraudado e por isso têm truques para se proteger. Arrepanham as almas como se fosse um lenço de seda e cobrem-se de empatia.

As mulheres maduras nem se aborrecem com veleidades triviais. Quando se expressam e outros lhes levam as palavras fazendo delas suas, entendem como elogios e formas de as perpetuar. De nada serve mostrar que não são dignos de as dizer, pois não foram capazes de as escrever e provaram que são capazes de tudo para serem falados e aplaudidos. Não com o que pensam ou sabem, mas sim com o que os outros fizeram.

As mulheres maduras sorriem, quando as realidades são escuras e duras, pois sabem que as vão conseguir superar. A sua experiência permite-lhes que já não queriam saber de certas minudências que não têm aproveitamento. Todos os momentos são bons e quase perfeitos pois os retalhos de vida cosem-se com linhas de amor e carinho e rebordos de sapiência, onde a entretelas dos problemas se costumam alojar.

As mulheres maduras são dotadas com um superpoder que as outras não conseguem entender. Não usam capa nem vestes de tons coloridos e muito menos especiais. Usam a sua pele e a sua inteligência, como as mães sabem cobrir, para que a proteção seja correta e perfeita. As mulheres maduras são apenas mulheres.

Margarida Vale

A vida são vários dias que se querem diferentes e aliciantes. Cair e levantar são formas de estar. Há que renovar e ser sapiente. Viajar é saboroso, escrever é delicioso. Quem encontra a paz caminha ao lado da felicidade e essa está sempre a mudar de local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
%d bloggers like this:

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.