fbpx
ContosCultura

Conto de fadas para mulheres do século XXI

Era uma vez, numa terra muito próxima, uma linda princesa independente e cheia de autoestima que tinha por norma viver conforme muito bem entendia. Pouco dada a convenções e ideias feitas, pensava pela sua cabeça e vivia segundo as suas regras. Estava-se nas tintas para o que as outras princesas diziam dela, pois, afinal, aquilo era tudo inveja.

Um dia, enquanto contemplava a bela e fecunda natureza que circundava o maravilhoso lago do seu castelo, que estava de acordo com as conformidades ecológicas, deu por si encantada com tamanha beleza. Havia pequenas pedras lisas e bonitos nenúfares que salpicavam delicadamente a água, aqui e ali, como se fosse uma sinfonia de perfeição. Foi então que viu uma singela e curiosa rã. Era um animal com pele húmida e assim para o escorregadio, mas fascinou-a.

De seguida, como se deseja que aconteça nestas histórias, a rã pulou da água para o seu colo. Podia esperar-se surpresa por parte da linda jovem, mas algo lhe dizia, o tal de sexto sentido, que aquele momento seria inesquecível. Fazendo jus às mais maravilhosas e elaboradas fábulas, disse-lhe com voz decidida e forte:

– Linda princesa, eu já fui uma princesa muito bonita, mas uma bruxa má lançou-me um encanto e eu transformei-me nesta rã asquerosa. Foi castigo por eu me apaixonar por mulheres e ver a sua verdadeira beleza. Sei que um sentido beijo teu, me irá transformar de novo naquela pessoa que era. Como sabes o casamento entre pessoas do mesmo sexo é legal e poderemos casar e constituir um lar muito feliz no teu lindo castelo. Se as coisas correrem de feição, pensaremos em adoptar um bebé e seremos felizes para sempre.

A linda princesa sorriu com ar de delícia, assim como se fosse uma criança e estivesse a receber todos os brinquedos que desejava e tinha sonhado. Um must de prazer! Aquilo era uma sinfonia de modernidade e de grande abertura de espírito. Quem gosta de ter likes no instagram e no facebook tem de ser empático e assertivo e defender, com unhas e dentes, o que estiver na moda.

Naquela noite, enquanto saboreava umas deliciosas e bens apetitosas pernas de rã à “La Sautée”, acompanhadas de um cremoso molho feito pelas suas reais mãos, generosamente regadas com um finíssimo vinho branco, a princesa sorria e pensava:

– Raios partam a minha vida! Mais uma que já cá canta! Esta devia pensar que ia na conversa dela. Nem fo…@e#…do! O c*%#/($#” que o f***! Eu bem estendo a rede a ver se cai um dos graúdos, tipo Brad Pitt ou Adam Driver, mas só me saem é vazas e cenas tristes. Para que raio queria mais uma destas? Ainda me enchia a casa de pézinhos e ranho e não estou para isso!

E, assim, viveu feliz para sempre, no seu castelo, onde passava muito pouco tempo, pois o que gostava mesmo era de viajar, de estar em contacto com outras culturas, de experimentar receitas novas e de ter hot dates, sem que soubessem quem era e muito menos com compromissos. Isso era para a plebe…

Margarida Vale

A vida são vários dias que se querem diferentes e aliciantes. Cair e levantar são formas de estar. Há que renovar e ser sapiente. Viajar é saboroso, escrever é delicioso. Quem encontra a paz caminha ao lado da felicidade e essa está sempre a mudar de local.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.
%d bloggers like this: