fbpx
CulturaTelevisão

Agatha Christie’s Poirot (1989 -2013) – Crítica

I say, Poirot!

– Captain Hastings

Esta série acompanha as aventuras do excêntrico detetive Hercule Poirot (David Suchet), que utiliza as suas “pequenas células cinzentas” para resolver os mais misteriosos casos.

O que dizer desta maravilhosa série? É um verdadeiro clássico no género do mistério/policial que preencheu os ecrãs por mais de duas décadas. Aqui temos uma simbiose perfeita entre personagem e ator, Agatha Christie criou uma fantástica personagem com várias idiossincrasias e David Suchet conseguiu incorporar tudo de uma forma sublime e transformou-se em Poirot, fazendo com que muita gente até aos dias de hoje não “aceite” outras interpretações do detetive belga que já aconteceram tanto em cinema como em televisão.

Poirot “sozinho” não faz a série, todos os casos partilham uma atmsofera de suspense que é muito bem construída, e com resoluções muitas vezes fora do comum que apanham o espectador de surpresa, fazendo sempre (ou quase sempre) sentido se virmos o episódio todo de novo já sabendo quem é o culpado em cada episódio.

Existem três personagens secundárias que se destacam : Captain Hastings (Hugh Fraser), o fiel companheiro de Poirot que sendo limitado a nivel intelectual quando comparado a Hercule, consegue ser em vários episódios o coração da série e equilibrar partes emocionais com partes cómicas; Chief Inspector Japp (Philip Jackson), um agente da autoridade que desafia muitas vezes as teorias mirabolantes de Hercule Poirot com explicações mais elementares, mas que normalmente estão erradas, oferecendo aqui também um bom contra-ponto ao detetive. Temos também Miss Lemon (Pauline Moran) a secretária de Poirot, que claramente desenvolve certos sentimentos pelo detetive e a não correspondência destes sentimentos oferece vários momentos de tensão e entretenimento.

Como aspectos menos negativos, posso apontar que o facto da série alternar entre episódios de 1 e 2 horas, pode tornar alguns episódios muito súbitos na sua resolução e outros muito extensos por comparação uns com os outros.

Uma série que também se caracteriza pelos seus cenários grandiosos, um tema de abertura que fica no ouvido e pela sua longevidade, com consistência na qualidade. Agatha Christie’s Poirot é sem dúvida uma das melhores séries de mistério alguma vez feitas, com uma excelente interpretação no seu centro e com casos e resoluções muito bem escritas. Recomendo muito!

* CUIDADO COM SPOILERS *

A personagem de Hercule Poirot é sem dúvida única e temperamental, e isto acaba por levar a imensas variações comportamentais que são muito interessantes de se acompanhar. O detetive belga fala sempre na terceira pessoa, e quando uma vez lhe questionam o porquê, ele responde “Para se distanciar da sua própria genialidade”. Este é o tipo de mentalidade que ele possui, um ser com um narcisismo e genialidade que andam sempre lado a lado. Para finalizar passo a apontar os meus três episódios favoritos:

S13E05, Curtain: Poirot’s Last Case: Um magnifico episódio final, com o reencontro dos dois amigos e em que Poirot enfrenta o maior criminoso que alguma vez enfrentara, com um final agridoce , mas com todos os twists que sempre caracterizaram a série.

S04E01, The ABC Murders: Um caso dos primeiros tempos da serie e que abriu a quarta temporada, com um tipo de assassino único que escolhia as suas vítimas e locais do crime de forma alfabética, e com uma execução que complementou bem a qualidade da premissa.

S10E03, After The Funeral: Um clássico caso daqueles que aprecio, uma pessoa numa enorme família morre, e todos são suspeitos, toda a resolução é cheia de reviravoltas, e a pessoa que de facto foi revelado ser a assassina faz uma interpretação que coloca este episódio acima de grande parte dos outros.

Agatha Christie's Poirot

Argumento - 90%
Interpretação - 90%
Fotografia - 85%
Produção - 95%

90%

9/10

Uma personagem única e uma simbiose perfeita de ator e papel.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Veja Também
Fechar
Botão Voltar ao Topo
%d bloggers like this:

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.