Ciências e TecnologiaTecnologia

A Relação entre o Design e a Sociedade na Web

Benéfica ou Prejudicial

Após o surgimento da Internet no nosso quotidiano, surgiram nos nossos dispositivos tecnológicos imagens e documentos digitais que outrora eram impensáveis de visualizar. Ao transformar o Design Gráfico num design transportado para a Web, surgiu o Web design.

Porém, em que consiste o Web design?

O Web design é uma extensão prática do “design gráfico” onde o foco do projecto é a criação de sites e documentos no ambiente do “World  Wide Web”.

Este projecto consiste na diversidade de vários conceitos que englobam várias áreas técnicas, além do Design propriamente dito, áreas como a informação, programação, optimização do trabalho, arquitectura do projecto, facilidade de utilização e a sua acessibilidade.

Como todo o trabalho de design, este necessita de uma análise profunda e assertiva do que o site a criar pretende. É necessário efectuar pesquisas verídicas, definir o público-alvo, o objectivo pretendido, os serviços oferecidos e o seu diferencial para o público em geral.

De uma forma geral, a primeira impressão é o aspecto visual do site, o que estas imagens querem transmitir, ficando para segundo plano a mensagem propriamente dita e a sua informação para o qual o mesmo foi concebido. Um bom design de imagem consegue catapultar o utilizador para o seguimento do mesmo.

Imagem apelativa leva-nos a visualizar o site com mais profundidade. Todos os dias vão surgindo nos nossos dispositivos novos sites, com várias diversidades, desde estudos científicos, vendas ou opiniões sobre o que ocorre diariamente na nossa sociedade.

No entanto, questiono: Quando estas imagens entram no âmbito do preconceito e estereótipo da nossa sociedade é benéfica ou prejudicial para a mesma? De que forma o Web design ajuda a espalhar esses casos?

Com a partilha nas redes sociais, esses sites ganharam uma nova vida, conseguindo inserir na opinião pública, a dúvida e o conhecimento adquirido.

Inúmeras vezes pessoas e instituições são conectadas com vários preconceitos e estereótipos difíceis de demarcar, só pelo facto de defenderem causas ou movimentos que estão em discussão diária.

Muitas das imagens e informações transmitidas por vários sites e que são partilhados nas redes sociais são absorvidas diariamente. O que nos leva a reflectir se as mesmas estão inseridas nesse rol que nos invocam preconceitos e estereótipos. Imagens agressivas que contemplam a homossexualidade, a violência e o preconceito com as mulheres, o aquecimento global , o maltrato dos animais, a pedofilia, entre outros assuntos, invadem-nos diariamente nos nossos utensílios tecnológicos, de tal forma que, ao visualizarmo-las ficamos chocados com tamanha agressividade e falta de bom senso dos produtores dos sites, sendo informações reais ou não a enorme invasão de noticias, englobando esses assuntos, leva-nos a  ignora-los .

Será que temos de dar atenção as essas informações? Será que podemos fazer juízo de valor a quem programa esses sites?

Não! Quem lança esses assuntos para a Web não pode ser ligado com o que escreve ou desenha, não podemos responsabilizar nem acusar as pessoas pela opinião ou ponto de vista que tenham sobre certos elementos opinários pertinentes para a nossa sociedade.

Estamos num mundo global, onde a população olha de revés sempre que vê duas pessoas do mesmo sexo se relacionarem, ou um individuo fazer uma atenção a uma criança que nos sorri, ou defendermos uma mulher quando está a ser perseguida psicologicamente ou fisicamente. Temos que mudar a mentalidade do ser humano não olhando, para estereótipos ou preconceitos, podermos passear na rua sem termos complexos ou superioridades sobre os demais.

Está na hora de nos juntarmos todos como sociedade sem visualizar o que achamos errado ou certo, cada um escolhe o caminho a seguir, podemos ter a nossa opinião, mas nunca fazer juízos de valor, o que esta certo para nós pode não corresponder aquilo que os outros pensam!

Vamos criar uma humanidade melhor, sem preconceitos ou estereótipos.

Será que podemos agregar uma sociedade sem preconceitos e estereótipos? Podemos desde que todos nós saibam que tudo aquilo que vem na Web tem direito ao contraditório, podermos aferir  toda aquela informação que a mesma nos dispõe juntamente com a opinião dos especialistas, seja na Internet ou em livro isso pode-nos indicar o caminho certo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: