LifestyleTelevisão

Lucifer

Netflix acerta novamente!

Baseada no comic The Sandman da DC Comics, a série Lucifer anda à volta de Lucifer Morningstar, o Diabo em pessoa, que decide tirar umas férias prolongadas do Inferno.

A série foi produzida inicialmente pela Fox que, após baixas audiências, a cancelou ao fim de três temporadas. Um dos criadores, Joe Henderson, indicou que o final da terceira temporada estaria inacabado e que isso talvez demovesse a Fox de cancelar a quarta temporada. Pediu aos fãs que “fizessem barulho” com a hashtag#SaveLucifer”. Este pedido teve tanto sucesso no Twitter que rapidamente se tornou no tópico principal. Um mês depois, a Netflix pegou na série e fez mais uma temporada, com dez episódios.

A 7 de Maio de 2019, a Netflix anunciou que ia renovar Lucifer para uma quinta e última temporada, ainda sem data oficial de estreia. As filmagens já começaram e já se sabe que a última temporada vai ter 16 episódios.

A série tem várias personagens recorrentes, todas elas com histórias próprias que se interligam. Lucifer Morningstar (Tom Ellis) é o Diabo. Ninguém acredita nele. Chloe Decker (Lauren German) e Daniel “Dan” Espinoza (Kevin Alejandro) são detetives na polícia de Los Angeles e estão separados. Amenadiel (D. B. Woodside) é um anjo que tem a tarefa contínua de levar Lucifer para o Inferno. Mazikeen (Lesley-Ann Brandt) é um demónio que ajuda Lucifer. Dr. Lina Martin (Rachael Harris) é uma psicóloga que tem a tarefa de ajudar Lucifer nos seus problemas psicológicos, conversas que são sempre extremamente divertidas.

Como dito anteriormente, a série foca-se em Lucifer. Cansado do Inferno, vem para a Terra. É dono de uma famosa discoteca, a Lux, em Los Angeles. Logo no primeiro episódio, conhece a detective Chloe Decker e decide que, para se divertir e poder castigar humanos, vai começar a ajudá-la com casos de homicídio.

Ao mesmo tempo que ajuda Chloe e vai discutindo com Dan Espinoza (que está separado de Chloe e com quem tem uma filha), Lucifer vai tendo discussões ocasionais com Amenadiel, que o tenta convencer a voltar ao Inferno, de onde nunca deveria ter saído.

A série tem tanto momentos divertidos como momentos sérios e tem actores excelentes. Tom Ellis é, sem dúvida, a grande revelação da série. Ele incarna na perfeição Lucifer, um Diabo sensual, com muitos “daddy issues“, graças ao abandono por parte do seu pai. Para além disso, tem tem uma linha condutora bem definida e está sempre algo a acontecer. Os casos “corriqueiros” de homicídio costumam ajudar Lúcifer nos seus problemas pessoais e há muitos plot twists ao longo das quatro temporadas, terminando com uma viravolta enorme, mesmo no fim da quarta temporada.

Até ao início da nova temporada (que deverá ser algures em 2020), resta-nos rever as quatro temporadas ou ler as comics que inspiraram o nosso querido Lúcifer.

Tags

Maria Capitão

Licenciada em Estudos Clássicos, passo o meu tempo livre a ler livros, ver séries e filmes e a ser voluntária numa associação de animais. Adoro jogar videojogos, jogos de cartas e de tabuleiros com amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: