CinemaCultura

Homem-Aranha: longe de casa, em retrospectiva.

O que esperar do novo filme Marvel?

ATENÇÃO: Este artigo contém spoilers (relativos a “Vingadores: Endgame”)

Estreia já dia 4 de Julho, nos cinemas portugueses, o que promete ser o início de uma nova era do MCU (Marvel Cinematic Universe): “Homem-Aranha: Longe de Casa”. Na sequência dos eventos de “Vingadores: Endgame”, o nosso amigo Homem-Aranha (Tom Holland) terá de enfrentar novas ameaças num mundo que mudou radicalmente. Vejamos, então, o que podemos esperar, analisando apenas o que já sabemos com o trailer e as poucas hints online.

Depois da morte de Tony Stark, Peter Parker sente que tem de ocupar o seu lugar como o novo Homem de Ferro, ou algo parecido. Tal como sempre acontece com o jovem, é-lhe difícil equilibrar a vida privada com a de super-herói. Afinal de contas, Peter é apenas um miúdo em idade de liceu, com testes de matemática e hormonas aos saltos. O Homem-Aranha sempre foi aquele herói com o qual nos podíamos melhor identificar: acima de tudo um humano, um rapazola de origem humilde que sempre mete os outros à frente dos seus próprios interesses. Desta vez, tenta ir de férias com os amigos, mas claro que, como sempre acontece, algo se mete pelo meio e acaba por ter de salvar o mundo, outra vez… Sim, porque desde a introdução desta nova versão do simpático aranhiço em “Capitão América: Guerra Civil, que se tornou muito mais do que o protector de Nova Iorque. Aliás, este será o primeiro filme do Homem-Aranha que não se passa completamente na metrópole. 

Peter Parker chega à Europa pronto para umas bem merecidas férias, mas um verdadeiro herói nunca tem descanso. Desde logo, dá de caras com Nick Fury (Samuel L. Jackson) que o recruta para uma nova missão. Thanos deixou para trás uma boa trapalhada, já que criou uma fenda entre mundos paralelos. Parece que a MCU está agora e enveredar pelos caminhos dos universos alternativos. Depois da excelência que foi o filme de animação “Homem-Aranha: No Universo Aranha”, fiquei mesmo entusiasmada com o novo rumo que estão a tomar. A possibilidade de várias realidades alternativas abre este mundo a uma infinita possibilidade de argumentos, tal como os comics. Estamos possivelmente a garantir décadas e décadas de MCU. Imaginem nós já velhinhos e continuarmos ainda a ir ao cinema com o mesmo entusiasmo de hoje em dia! Imaginem todas aquelas histórias e historietas dos comics a ganharem a oportunidade de brilhar no grande ecrã! Prova disso, está aqui mesmo neste filme com Mysterio (Jake Gyllenhaal), saidinho directamente dos comics clássicos da Marvel, vindo de, claro, uma realidade alternativa ao planeta Terra.

Para além dos Elementals, um grupo de vilões humanoides extradimensionais que têm aparecido aqui e acolá, ao longo de anos e anos de comics. Cada um representa um elemento: Hydron que controla a água; Magnum, controla rochas e minerais; Zephyr, que tem domínio sobre o ar e o vento, e o leader Hellfire, que obviamente comanda o fogo. Pelo trailer parece que pelo menos um deles fará uma visita a esta dimensão: Hydron. Ou também poderá ser Hydro-Man, um vilão que entra na série animada de Homem-Aranha. Ou talvez possa ser… ok, vou poupar-vos ao que poderia ser um infinito divagar geek, sobre todas as ramificações possíveis e imagináveis do mundo aranha. 

Porque todas estas suposições poderão cair por terra já que Mysterio é na verdade um vilão nos comics, apesar de se fazer parecer um herói no trailer. E! Qual é o poder de Mysterio? Façam o favor, rufem os tambores… O da manipulação e ilusionismo! Sabe-se lá se, se calhar, tudo não passa de um plano elaborado para distrair Peter Parker da verdadeira ameaça? Afinal de contas, Mysterio é aquele antagonista que volta uma e outra vez e um que é particularmente chatinho e difícil de vencer. Sendo Gyllenhaal quem assume o papel deste vilão, só se poderá esperar uma excelente representação por parte de um ator que, desde os tempos de “Donnie Darko”, nos tem presenteado sempre com a mais alta qualidade em cena.

Também estou curiosa para perceber como se irá desenrolar a relação com MJ (Zendaya) no que parece ser mais do que o típico high school drama. Zendaya é de longe a melhor MJ de sempre. A atriz que ganhou destaque no Disney Channel prova agora que é mais do que um “produto Disney”. Pelo trailer, sabemos que descobre a entidade secreta de Peter e será interessante como o filme desenvolverá essa vertente da trama.

Eu já estou em pulgas e a contar os dias. Quem me conhece bem, sabe que o Homem-Aranha sempre foi o meu super herói favorito. Talvez apenas igualado com Wolverine? Contudo, esse é um anti-herói e francamente não sei se o meu fascínio virá realmente da personagem ou do meu fraquinho platónico por Hugh Jackman…

Tags

Catarina Loureiro

Autora. Artista. Cismadora. catarinaloureiro.wordpress.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: