fbpx
CulturaLiteratura

Alguém Que Me Cale

Aos 33 anos, Joana Gama escreve o seu terceiro livro, que é uma descoberta sobre si a cada leitor. Sem qualquer tabu ou medo e com uma liberdade gigante, fala sobre sexo, amor, maternidade, medos, inseguranças… Tudo o que sentimos e pensamos serem sentimentos exclusivos.

Joana já é conhecida nos ecrãs de televisão, voz de rádio, palcos de stand-up, Internet pelo podcast- Banana Papapaia e o seu mais recente projeto PSYCHOTERAPIA- e no blog A Mãe É Que Sabe, e há sempre um toque pessoal e inédito em tudo o que faz.

No “Alguém Que Me Cale”, descreve a sua épica vida, mostrando que a incerteza é o rumo certo para acordar todos os dias. Devorei o livro em menos de 8 horas, e senti que estive numa conversa entre amigas, e este é o poder da literatura… de nos levar para outro universo, e o nosso imaginário, quase se tornar palpável.

Joana criou um lugar de pertença a todos os seus leitores, conseguiu mostrar que todos somos humanos, que por muito sucesso, qualidade de vida, e fama, ao deitar todos temos as nossas dúvidas, hesitações e indecisões. E melhor… fez com que isso fosse normal.

Mariana Sousa Lopes

Sou a Mariana, tenho 19 anos, estudo Ciências da Comunicação e ambiciono um dia trabalhar em jornalismo! Neste momento colaboro com a Revista Variações, Jornal Referência e Uniarea. Tenho uma paixão por arte, e acredito que o seu trabalho em uníssono com o jornalismo permite manter uma sociedade motivada, formada e informada. O Miguel Esteves Cardoso e o Miguel Sousa Tavares serão sempre inspirações para mim, e o Repórter Sombra permite-me sonhar que um dia faça um pouco o trabalho destas referência. Num espaço livre e criativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.
%d bloggers like this: