Crónicas

Ser família significa ocuparem juntos o mesmo coração

A verdadeira felicidade está na própria casa, entre as alegrias da família.

– Leon Tolstói

A alegria de ter uma família é a maior riqueza que um ser humano pode possuir.

É verdade que nem todas as famílias o são verdadeiramente. Mas não é nessas que penso quando partilho convosco esta emoção de ser família.

A família verdadeira é aquela que é o nosso refúgio, e onde estão aqueles que verdadeiramente nos amam e conhecem, que nos compreendem como mais ninguém neste universo.

É um facto que existem exceções, mas ser família é sinónimo de viver alegrias e tristezas em conjunto, é dizer e fazer disparates em grupo, ou até mesmo ter as mais calorosas conversas sempre que o tema for polémico.

Sim, porque ser família não significa que todos estejam sempre de acordo, ser família é estar presente quando é preciso, e saber dar espaço ao outro sempre que necessário, afinal permitir-nos ser genuínos na medida e nas condições que para nós forem essenciais.

É mágico o pensamento que nos consola por sabermos que temos quem nos ouça e nos compreenda, independentemente de termos razão ou não, mais do que isso saber que temos quem nos ama verdadeiramente.

É sem qualquer dúvida um imenso conforto saber que existe um refúgio onde podemos regressar sempre que a vida nos trate menos bem, ou ainda, quando estivermos imensamente felizes e queiramos partilhar com eles essa felicidade.

O ninho quente dos afetos que procurei construir para os meus filhos e que sinto que a minha família é, permite-nos que onde quer que estejamos, saibamos que temos um ombro amigo que nos apoia sempre, e um abraço muito doce e apertado que nos alenta, fazendo de nós uma fortaleza inatacável pelo universo.

Em família tudo se passa, desde os bons momentos de companheirismo e partilha, passando pelo desassossego das opiniões e posições diferentes, até aos gostos distintos que naturalmente cada um tem… Para além da paciência imensa e incondicional, que (apesar de poder parecer nem sempre estar presente) acabamos por oferecer àqueles que verdadeiramente amamos.

Afinal família é todo este composto de vivências, de emoções e sentimentos que fomentam vidas bonitas e pessoas mais felizes.

Família é amor, é o núcleo duro e impenetrável da nossa vida onde apenas entram aqueles que acrescentam mais valor à nossa existência, porque acredito que família não é apenas o mesmo sangue que nos corre nas veias.

Família pode ser qualquer pessoa que amamos e que nos ama, permitindo a criação do laço de afeição, que subsiste inevitavelmente como um importante alicerce de apoio, aquele sublime sentimento a que chamamos Amor.

Todo o tempo que passamos junto dos nossos, sejam de sangue ou de coração, deve ser apreciado e saboreado ao máximo, eu diria mesmo ao limite. É o amor que se encontra na família que faz de nós seres melhores, mais preparados para os desafios da vida, e sobretudo mais felizes.

Ser família significa ocuparem juntos o mesmo coração.

Tags

Ana Paula Marques

Assumo sem qualquer tipo de pudor o grande gosto que tenho pela escrita, e pelo ato de escrever palavra após palavra, construindo momentos de reflexão e procurando embelezar os nossos dias. Verter palavras transformando-as em textos, são momentos de criatividade que me fazem mais feliz, e que espero, possa transformar de algum modo a vida de quem lê o que escrevo com tanto amor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: