Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CinemaCultura

O que se esconde atrás das câmeras

Adoramos cinema. Temos aquele actor que associamos a determinado filme tal foi o seu desempenho. O que não sabemos é que existem muitas alterações que são feitas à última da hora nos castings para filmes.

É mais comum do que pensamos. Por algum motivo, por vezes, é necessário substituir um actor ou actriz à última da hora. E isso já aconteceu em alguns filmes que tão bem conhecemos. Conhecem o Chris Farley? O que muita gente não sabe é que ele era o actor que iria dar voz a Shrek e chegou mesmo a gravar algumas maquetes do filme. Infelizmente, o actor veio a faleceu em 1997 e o seu substituto foi Mike Myers, que acabou por dar voz a este personagem ao longo dos filmes.

Também em Lovely Bones houve uma substituição num dos papéis. Ryan Gosling foi escolhido para interpretar o papel do pai da personagem principal do filme mas, e por culpa de um requisito, o ator foi substituído. A questão é que o pai da personagem deveria ser gordo e Ryan não tinha o peso suficiente para entrar no filme. Desta forma, Mark Wahlberg ocupou o seu lugar e, mais tarde, acabou por emagrecer e recuperar o seu corpo normal.

Vejamos agora Crepúsculo. Todos já ouvimos, pelo menos, falar do filme. Foi com esta saga que Kristen Stewart ascendeu na sua carreira. O que pouca gente sabe é que ela não foi a primeira escolha para interpretar a personagem Bella. Emily Browning foi a primeira escolha, mas optou por recusar o papel para se dedicar a filmes mais independentes. Quando questionada sobre algum tipo de arrependimento, a actriz diz que não se arrepende de ter recusado o convite por achar que a saga exigia demasiada pressão que a poderia levar a desistir de ser actriz.

Para terminar, não poderia deixar de fazer referência a uma alteração num actor de Avatar. Matt Damon foi convidado para ser o protagonista deste filme mas recusou o convite por já estar envolvido noutros projetos. Assim, foi Sam Worthington quem ocupou o seu lugar. Matt Damon acabou mais tarde por mostrar arrependimento por ter recusado o papel e explicou que a origem da sua recusa estava em “conflitos de agenda”.

Como podemos ver, há muita coisa por descobrir para lá do cinema. O facto de acharmos que determinado actor encaixa perfeitamente num personagem não significa que ele tenha sido a primeira escolha. Por vezes, ficamos contente pelas alterações feitas. Outras, gostávamos que a primeira escolha tivesse acontecido. Os gostos ficam ao nosso critério mas o talento será sempre deles.

Tags
Show More

Cátia Barbosa

Licenciada em Jornalismo e Comunicação. Apaixonada por rádio e pela escrita.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: