fbpx
Sociedade

O modo de vida que acabou

Entre crises sociais, económicas, políticas, geográficas, finalizamos com a demográfica. O governo viveu e vive a luta constante pelo melhor estilo de vida. Aposta na saúde, educação, formação de cada um, e nas condições de trabalho. Para agora, vivermos com um índice de renovação de gerações de 2.1 e com número médio de filhos de 1.38.

Nos anos 60, fomos dos países da Europa com maior taxa de natalidade, atualmente somos o 24º.

O Serviço Nacional de Saúde, que António Arnaut implementou, resultou num país com uma elevada esperança média de vida, mas com casais sem quererem ser pais. Os objetivos dos jovens mudaram. Prolongam estudos, lutam por elevados cargos nas empresas e não querem colocar carreiras em segundo lugar para serem pais.

Aos poucos, voltam as poupanças de baixo do colchão ou Planos Reforma Poupança, a prioridade é sempre a mesma. Daqui a uns anos, teremos um pensionista que não é pensionista. É apenas um reformado que poupou e vive sem usufruir dos descontos que fez.

Os objetivos mudaram. Já não queremos 8 filhos, 10 netos e ser bisavós com 50 anos. Vivemos num Inverno Demográfico com uma reduzida taxa de natalidade e cada vez mais idosos. Sem esquecer, as terras do interior abandonadas, que para não serem apenas paisagens e pontos turísticos de poucas horas, o Estado tenta implementar constantes incentivos monetários, em vão.

Mariana Sousa Lopes

Sou a Mariana, tenho 19 anos, estudo Ciências da Comunicação e ambiciono um dia trabalhar em jornalismo! Neste momento colaboro com a Revista Variações, Jornal Referência e Uniarea. Tenho uma paixão por arte, e acredito que o seu trabalho em uníssono com o jornalismo permite manter uma sociedade motivada, formada e informada. O Miguel Esteves Cardoso e o Miguel Sousa Tavares serão sempre inspirações para mim, e o Repórter Sombra permite-me sonhar que um dia faça um pouco o trabalho destas referência. Num espaço livre e criativo.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.
%d bloggers like this: