CulturaLiteratura

“Front Lines”

A 2ª Guerra Mundial reimaginada

Quando primeiro descobri este livro, apenas conhecia o autor Michael Grant da sua parceria com a esposa, K.A. Applegate, nos livros da saga Animorphs, uma das minhas séries preferidas de livros. Além do seu trabalho com a mulher, Michael Grant tem várias sagas conhecidas, entre elas Gone e BZRK .

A saga de livros Front lines é uma reimaginação da segunda Guerra Mundial. Michael Grant pega nos eventos históricos e coloca a questão “E se as mulheres pudessem ter ido à guerra?”. Adicionando uma leve alteração e contando factos históricos, seguimos a história de três raparigas, Rio Richlin, Frangie Marr e Rainy Schulterman, e dos seus pelotões na linha da frente de várias batalhas históricas.

Vamos seguir Jack Stafford, um britânico que luta pela América, Jeanou Castain, uma rapariga que foi para a guerrar para fugir da família, Dain Sticklin, um soldado natural, Cat Preeling, uma rapariga com um dom para a poesia,  Kerwin Cassel, um rapaz do campo,  Hansu Pang, um asiático que luta pela América, e muitos muitos outros, enquanto tentam sobreviver na linha da frente, enquanto cometem erros que custam a vida de outros. Vamos conhecer soldados que, tal como milhões na sangrenta guerra, morrem. Vamos ver soldados – homens e mulheres – a matarem. Iremos sofrer com eles, sofrer com elas, ver o racismo que – estupidamente – existia entre os soldados Americanos, vamos ver machismo e muito muito sofrimento.

Tornou-se numa das minhas séries preferidas, a par de Harry Potter e Animorphs. É uma saga que, em três livros, retrata o sofrimento da terrível Segunda Guerra Mundial. Vemos o sofrimento em primeira mão, desde os primeiros anos em que se acreditava que seria uma curta guerra, até aos momentos finais, ao libertar dos campos de extermínio. As três protagonistas principais, Rio Richlin, uma rapariga campestre, Rainy Schulterman, uma judia com desejo de matar o maior número de nazis e Frangie Marr, uma pequena rapariga negra que deseja ser médica, mostram-nos vários lados da guerra: o lado da frente branco, a inteligência militar e o lado da frente negro.

Sinopse: (tradução livre)

“1942. Segunda Guerra Mundial. A guerra mais terrível na história humana. Milhões estão mortos; mais milhões ainda vão morrer. Os Nazis correm pela Europe e observam a distante América. O exército Americano verde e por testar está a lutar contra a maior força alguma vez reunida – as forças armadas da Alemanha Nazi.

Mas algo mudou. Uma decisão do tribunal coloca as mulheres sujeitas ao destacamento e elegíveis para serviço. Logo, neste Segunda Guerra Mundial, mulheres e raparigas também lutam. Enquanto o destino do mundo está na balança, três raparigas inscrevem-se para lutar. Rio Richlin, Frangie Marr e Rainy Schulterman são raparigas normais, raparigas com sonhos e aspirações, no início das suas vidas, no início dos seus amores. Cada uma tem as suas razões para se voluntariarem. Nenhuma espera ver combate. Nenhuma espera estar na linha da frente.

Rio, Frangie e Rainy vão ter as suas partes na guerra para derrotar o mal e salvar a raça humana. Elas irão ter medo e irão ter raiva; irão sofrer e irão causar sofrimento; irão odiar e irão amar. Elas irão lutar a maior guerra que o mundo já conheceu.”

Sinopse em Inglês

É uma saga que recomendo sempre que posso. Infelizmente ainda não existe tradução portuguesa, mas aqueles que saibam inglês, desenrascam-se facilmente e no fim de cada livro existem imagens e definições para o jargão militar usado no livro.

Tags

Maria Capitão

Licenciada em Estudos Clássicos, passo o meu tempo livre a ler livros, ver séries e filmes e a ser voluntária numa associação de animais. Adoro jogar videojogos, jogos de cartas e de tabuleiros com amigos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: