fbpx
LifestyleTelevisão

Family Matters (1989-1998) – Crítica

 Did I do that?

– Steve Urkel

Esta série conta a história de uma família , os Winslow, que passam diversas peripécias na sua vida quotidiana, uma boa parte delas causadas pelo seu estranho vizinho, o nerd Steve Urkel.

Esta série é um verdadeiro clássico dos anos 90. Aquilo que começou inicialmente por ser um spin-off da série “Perfect Strangers” acabou por conseguir fazer algo muito raro e superar em fama e audiência a série que a tinha originado. Tudo é cliché e previsível, mas isso não tira os fatores de entretenimento e de comédia que estão, sem dúvida, presentes aqui. O que acaba por distinguir esta série das demais são os grandes atores que tem, em que até os textos mais “básicos” conseguem ter uma entrega muito acima da média. Reginald VelJohnson, Kellie Shanygne Williams, Jo Marie-Payton e Jaleel White são os maiores responsáveis por isso.

A grande marca da série foi a forma como Steve Urkel , o vizinho nerd da família Winslow (que iria aparecer uma só vez como uma participação especial perto do final da primeira temporada) acabou por se tornar aos poucos e poucos o grande protagonista de toda a série fazendo com que a própria família que era no início o núcleo de toda a história passasse a ser pano de fundo para todas as suas histórias. Steve Urkel foi um fenómeno que foi para além da série em si, foi um tremendo sucesso que marcou a cultura popular americana e ao ver e rever esta série é fácil perceber o porquê.

Uma série que partilha lições de família e amizade com um toque cliché de comédia mas com ótimas interpretações, com muito coração sempre com um sorriso na cara.

* CUIDADO COM SPOILERS *

A série lida com a família Winslow que é composta pelas seguintes personagens:

  • Carl Winslow (Reginald VelJohnson), o patriarca da família, é polícia e tem muito orgulho da profissão que exerce, tenta educar os seus filhos da melhor maneira que sabe e é o que mais sofre na pele com as peripécias de Steve Urkel e a sua dinâmica com o vizinho acaba por se tornar num dos grandes pilares para uma boa parte dos episódios;
  • Harriette Wisnlow (Jo Marie-Payton), a mulher de Carl, uma mãe galinha mas que consegue ser moderna e acompanhar as mudanças do tempo, é muitas vezes a voz da razão e o balanço emocional de Carl;
  • Laura Winslow (Kellie Shanygne Williams) a filha de Carl e Harriete que é super determinada, inteligente e ambiciosa, é o grande alvo do coração de Steve Urkel e acabam por formar o casal “principal” de toda a história através das constantes rejeições de Laura perante Steve;
  • Eddie Winslow (Darius McCrary), o filho mais velho da família, é considerado um mulherengo e pouco esperto no que toca à escola, sabe cantar muito bem e é considerado um ídolo por Steve Urkel;
  • Estelle Winslow (Rosetta LeNoire), a mãe de Carl que vem viver com a família no primeiro episódio e que embora tenha poucas premissas dedicadas a ela, tem sempre uma resposta ousada e atrevida na ponta da língua, tornando-se uma das personagens mais acarinhadas de toda a série.

Existem outros membros da família que são: A tia Rachel, Judy e Richie, mas acabam por ser personagens muito dispensáveis e que por vezes de forma aleatória desaparecem da série sem justificação nenhuma o que acaba por prejudicar a série (Judy é a irmã mais nova da família e, na quarta temporada, por e simplesmente desaparece, sem qualquer explicação e a série age como se nunca tivesse tido aquela filha, é uma mancha permanente da série).

Steve Urkel (Jaleel White) é o vizinho nerd e irritante dos Winslow e que vive obcecado por Laura, que é super trapalhão mas é ao mesmo tempo um génio da ciência. Isto teve os seus lados positivos e negativos porque nas últimas temporadas da série, a história começa a ser só centrada nas invenções maníacas de Steve (que chegam até ao ponto de clonar uma versão “fixe” de si mesmo) e aqui a série perde um pouco a essência e deixa a parte da “família” completamente de lado.

Agora que já referi todas as personagens marcantes, e as várias razões para verem esta série, deixo por fim a minha lista de 5 episódios favoritos de toda a série:

1º – S04E10, “It’s Beginning To Look A Lot Like Urkel” – Naquele que para mim é o melhor episódio da série, a meio da quarta temporada temos um episódio de natal inspirado no filme “It´s a Wonderful Life”, neste episódio um anjo da guarda surge a Laura e faz com que ela tenha que viver um dia como Urkel para saber aquilo que ele passa no seu dia a dia. Um poderoso episódio com uma grande lição.

2 – S02E03, “Marriage 101” –  O episódio que melhor consolidou os sentimentos de Urkel por Laura e que tornaram a personagem uma das centrais da história, é um episódio em que Laura e Urkel tem que fingir ser casados como projeto escolar e acaba por ser um episódio imensamente emocional e intenso.

3 º – S02E20, “Fight The Good Fight” – Um episódio à frente do seu tempo sobre racismo e o poder da emancipação das famílias negras na América, com um testemunho poderoso de Estelle, capaz de levar qualquer um às lágrimas.

4º – S5E02, “It Didn’t Happen One Night” – Neste episódio Laura adormeceu para uma grande competição da escola e viu-se forçada a aceitar a boleia de Steve Urkel e esta viagem acaba numa das melhores cenas entre os dois em que Steve mostra-se farto de ser mal tratado por Laura, na primeira vez em que se defende a si próprio.

5º – S02E25, “I Should Have Done Something” – Neste episódio Carl sofre um trauma de uma situação que aconteceu há um ano atrás e tormenta-se de uma forma muito real. A cena final entre Carl e a viúva da vítima que ele acidentalmente disparou é super poderosa e provavelmente a melhor atuação na série de Reginald VelJohnson.

Family Matters

Interpretação - 80%
Argumento - 55%
Fotografia - 50%
Produção - 60%

61%

6/10

Uma comédia familiar com ótimas interpretações e a aparição de um ícone dos anos 90

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
%d bloggers like this:

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.