CinemaCultura

20 Anos de Before Sunrise

1995 foi o ano de Braveheart: O Desafio do Guerreiro, Seven – 7 Pecados Mortais, Os Suspeitos do Costume, 007 – Golden-Eye e Toy Story, os títulos dos seus mais populares filmes. No entanto, o menos pretensioso talvez tenha chegado pela fronteira indie. O seu nome seria Before Sunrise, realizado pelo recém-derrotado (injustamente) nos Óscares, Richard Linklater.

(Re)ver esta película em 2015 faz todo o sentido. Para além da comemoração dos 20 anos desde a sua estreia, revela um importante significado para a história da sétima arte, cujo 120º aniversário é já a 28 de Dezembro. Imprescindível a todos os estudiosos de cinema, este é o mais belo romance dos nossos dias e que, sem quaisquer dúvidas, vigora na lista dos melhores do género.

VJ_beforesunrise_1

Antes do Amanhecer aparentemente seria um filme vulgar e o enredo não prometia muitas expectativas. Contudo, a paixão de dois estranhos – Jesse (Ethan Hawke) e Celine (Julie Delpy) -, que se conhecem num comboio, torna-se debate sobre pontos centrais das relações humanas. Primeiro, o espetador é encaminhado para uma discussão entre um casal alemão. Contudo, a maior parte da audiência (a menos que entenda a língua) não percebe o que estão a dizer. Não se colocam legendas, porque o mesmo não é relevante. Nós, como os protagonistas, sabemos que discutem. São uma imagem refletida dos casais do público, comprovando – tal como no decorrer do filme – que o amor é complexo.

VJ_beforesunrise_4

Celine é a menina encantadora e inteligente da Europa e Jesse o comum americano, que não fala outra língua senão inglês. Porém, este não é um casal vulgar. Entre ambos existem permanentes conversas filosóficas e interrogações acerca do mundo moderno. Exemplo disso é o confronto entre machismo e feminismo, no qual concordam ser interminável.

Em boa verdade, apesar da empatia que os temas geram com o seu público, não existem momentos de tensão. Os protagonistas apenas conversam, conversam e conversam, mas algo flui de forma espontânea e sincera, dado o realismo ao romance, que inevitavelmente durará apenas uma noite. Em evidência, durante toda a narrativa é o facto do filme se confrontar com um dos maiores problemas dos relacionamentos – e do próprio cinema em si -, o tempo. Este casal forçado a escolher a razão, simboliza grande parte da cinematografia de Richard Linklater. Este, que foi o primeiro de uma trilogia, comprova – aliado a Boyhood: Momentos de uma vida, filmado durante 12 anos -, que não estamos perante um realizador vulgar (ordinary, se tivermos em conta o termo inglês). Linklater é essencialmente um pensador da dimensão temporal cinematográfica.

Primeiro, dois jovens conhecem-se, depois, em Before Sunset (2004), retomam o romance e, por fim, em Before Midnight (2013), discutem sobre as questões que abalam todas as crises matrimoniais. Mesmo sabendo que este é um mundo ‘faz-de-conta’ do cinema, estamos, tal como nos dizia o crítico Roger Ebert, próximos da vida real – quase como num documentário, preenchido por câmaras ocultas.

VJ_beforesunrise_2

Entre trocas de informações pessoais, encontros com estranhos (atores amadores, um poeta de rua e uma vidente), Before Sunrise é uma viagem de ida, mas principalmente é uma viagem de volta. Não há à fórmula ‘e viveram felizes para sempre’. É um retrato realista e sem ilusões de casais obrigados a tomar decisões e aproveitar meros instantes, pois sabem que jamais se encontrarão.

O argumento, obra-prima de Richard Linklater & Kim Krizan, interroga temas universais através da extraordinária química de Ethan Hawke e Julie Delpy. Não estamos perante uma adaptação shakespeariana demasiado melodramática, ou as mais recentes adaptações ‘sparksianas’ demasiado lamechas. O mesmo é perceptível na cena em que escutam a canção Come Here, de Kath Bloom, numa loja de discos de vinil. Ambos estão perdidamente apaixonados, mas não há atração física, apenas um olhar que não se quer cruzar com o do outro.

Talvez só tenham passado 20 anos, mas por muitos que passem, Before Sunrise nunca irá perder de vista o seu espetador. A empatia que lhe é intrínseca fará querer acompanhar esta história até ao fim dos tempos. Mentes jovens como as destes dois são raras, tal como este género de filmes.

poster do filme
poster do filme

Ficha técnica

Ano de Produção: 1995/ Título português: Antes do Amanhecer/ Título original: Before Sunrise/ Realizador: Richard Linklater / Argumento: Richard Linklater & Kim Krizan / Elenco: Ethan Hawke, Julie Delpy/ Música: Fred Frith/ Duração: 105 minutos

Tags

Virgílio Jesus

Licenciado em Ciências da Comunicação e com Mestrado em Cinema e Televisão pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, sou um apaixonado por cinema desde os meus 10 anos. Todos me conhecem como o 'viciado em filmes' porque na realidade estou sempre interessado em ter a sétima arte como tema de conversa.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Check Also

Close
Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: