+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

The Ultimatum: Marry or Move On

É um dos muitos reality shows da Nexflix, mais uma provocadora série da vida real, seis casais põem o seu amor à prova vivendo com outros parceiros potencialmente compatíveis.

Dar o nó ou romper o namoro?

Conta com duas temporadas apresentadas pelos veteranos Nick Lachey e Vanessa Lachey. Um casal de apresentadores também com uma historia sui generis, quando se conheceram Nick ainda era casado com uma conhecida cantora, pouco tempo depois Nick e Vanessa separaram-se e, anos mais tarde, o amor falou mais alto. Como a própria conta ao longo do programa, também ela fez um ultimato a Nick: ou casas ou vais embora. Resultou no caso deles que continuam juntos e aparentemente felizes.

Este programa põe à prova seis casais, no qual um deles quer casar e o outro não quer pelas mais diferentes razões. A experiência faz com que os casais terminem e vivam em modelo “casado” com um dos outros participantes, em regras mais compatíveis com eles, sendo tudo colocado em causa.

Uns com medo de perder chegam ao fim, cedem e casam. Contudo, na sua maioria, percebem que se é necessário um “Ultimato” para que queiram dar o nó é porque efectivamente o caminho não é por ali.

Esta série, tal como muitas outras do género na Netflix, são verdadeiras experiências sociais. Se nos desligarmos do estigma atribuído às pessoas que participam, podemos ver muito além disso, como comportamentos sociais que reconhecemos do nosso dia-a-dia e uma radiografia a muitas relações que temos ou já tivemos.

Acredito genuinamente que quem se submete a um teste já está testado por si só. As relações são bichos complexos e, quando alguém precisar entrar num reality show para pôr à prova a sua relação, ou tem um objectivo escondido ou, então, precisa de uma desculpa para fazer o que tem de ser feito.

Quantos de nós precisariam também de um ultimato para tomar decisões e de não esperar que os outros tomem decisões por nós? Quantos de nós vivem vidas e relações sem propósito?

Somos os primeiros a criticar, julgar e apontar o dedo, mas quantos de nós tiveram um ultimato, mesmo que não seja de um programa de televisão, um ultimato chamado sociedade?

A sociedade, as suas crenças limitantes e, muitas vezes, a ânsia de fazer parte. Muitas vezes toldados por sentimentos, aceitamos ultimatos dos outros, dos nossos parceiro e, o mais cruel e menos aceitável, o que damos a nós próprios.

Aproveitem os Domingos friorentos que se aproximam e assistam. Depois digam-me se fossem vocês: Marry or Move On?

Nota: este artigo foi escrito seguindo as regras do Antigo Acordo Ortográfico
Share this article
Shareable URL
Prev Post

Como ser um HCFO de sucesso? – O fundo de investimento

Next Post

A Nova Era de Dolly Parton

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Read next

Ratched

Temporada: 1 Episódios: 8 *ATENÇÃO: Contém spoilers* Confesso que comecei a ver Ratched, porque tem como…

Mundos Pararelos

São raras as séries ou filmes inspirados em livros que me impressionam. A maioria faz-me ficar extremamente…

Unbelivable

Unbelivable é uma mini-série arrepiante sobre a história de uma jovem que altera a sua história ao reportar a…