fbpx
Bem-EstarLifestyle

Ter coragem

Tem coragem. Ouve-lo a tua vida toda. “Tem coragem”, diz o teu pai. “Tem coragem”, diz a tua mãe. “Tem coragem”, diz a tua amiga. “Tem coragem”, diz o teu marido. E esta frase continua a repetir-se dia após dia, na tua cabeça, como se de um eco se tratasse.

Na nossa vida, cada momento exige coragem. Cada obstáculo, cada desafio, cada etapa nova,… Porém, ainda estou para descobrir, ao certo, o que é a coragem. É darmos o nosso melhor? É não termos medo de ir em frente? Ou, pelo contrário, é sabermos desistir e admitirmos que temos medo? Bom, talvez a coragem seja isso tudo e sejamos todos uns grandes corajosos.

Na fase que, atualmente, vivemos pede-se coragem. Como se pede em tudo. Coragem para sobreviver. Para seguir em frente. Para alcançar a vitória. No entanto, creio que os corajosos não apenas os que arriscam, os que acreditam ou os que enfrentam cada novidade que surge. Os corajosos são também os que dizem “não quero ir”, “desisto porque tenho medo” ou “não quero lutar mais por isto”. Afinal, o mais difícil será sempre admitir os nossos receios e, para isso, é precisa muita coragem.

Não é por acaso que, ao longo deste texto, a palavra “coragem” é mencionada tantas vezes. Temos de memorizá-la. Temos de a ter presente todos os dias. Cada um de nós, porque todos, sem exceção, temos este sentimento enraizado em cada escolha que fazemos na vida. Não existem pessoas mais ou menos corajosas. Todos o somos à nossa maneira, porque todos temos de tomar decisões e todos temos de viver realidades novas de vez em quando.

Se me perguntarem o que significa “ter coragem” dir-vos-ei que representa o mesmo que comer, beber ou caminhar. É algo que já nos é inato. Quando nascemos, esse sentimento nobre já vem dentro de nós, afinal, a coragem manifesta-se no simples ato de existirmos.

Cátia Barbosa

Dizem que sou sonhadora. Gosto de sonhar acordada mais do que quando estou a dormir. Prefiro o som às imagens e a natureza aos ecrãs. Acredito em magia, em sonhos que se realizam e em tudo aquilo que não se vê com os olhos. O amor move-me e foi ele que me levou às palavras. A licenciatura em Jornalismo e Comunicação tirou-me qualquer dúvida sobre aquilo que quero fazer na vida. E o amor pela rádio só veio aumentar essa certeza.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.
%d bloggers like this: