+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Rami Malek

Estreante na nomeação ao Óscar de Melhor Ator, a carreira de Rami Malek começou em 2004, quando participou por breves segundos num episódio da série “Gilmore Girls”. O seu maior protagonismo foi na série “Mr. Robot” em  2015, daí foi um salto até ser o escolhido para interpretar Freddie Mercury no biopicBohemian Rhapsody”.

Filho de emigrantes egípcios nos Estados Unidos da América, Rami Malek e o seu irmão gémeo, Sami,  nasceram no dia 12 de maio de 1981. As dificuldades de integração na escola foram complicadas. As mudanças culturais eram imensas e só apenas no ensino secundário conseguiram uma pronunciação correta do seu nome. Apesar da preferência dos pais nos estudos em advocacia, o caminho de Rami estava traçado noutra direcção. Integrou na equipa de debate por sua opção. Contudo o seu talento pela dramatização era mais evidente. A conselho da professora de debate inscreveu-se na peça de teatro da escola. Pela primeira vez Rami estava decidido, tinha nascido para ser ator. A sua opinião recebeu apoio quando na plateia viu o seu pai emocionado com a sua interpretação. Era  a primeira vez que o tinha visto assim.

Em 2003, concluiu os seus estudos na Universidade de Evansville com o curso de Artes. A dificuldade em encontrar emprego imediato, resultou na sua perda de confiança. Juntou-se a um grupo de amigos que também perseguiam o american dream e mudou-se para Los Angels, onde as oportunidades eram maiores. Foi só passado um ano que a directora de casting, Mara Casey lhe telefonou para uma pequena participação na série “Gilmore Girls“. Na altura ainda sem agente, conseguiu o papel.  Aos poucos foi conseguindo solidificar a sua carreira com pequenos papéis, mas que destacavam a sua perseverança e determinação. Em 2006 conseguiu uma participação mais comercial com o filme “À noite no Museu” ao lado de Robin Williams e Ben Stiller.

Depois de passagens entre o cinema e a televisão, conseguiu o destaque que o retirou do anonimato. Em 2015, foi convidado a ser o protagonista da série “Mr. Robot“.  Série elogiada pela crítica, conseguiu ser o vencedor do Globo de Ouro de Melhor Série Dramática em 2015. Elliot Alderson, o protagonista da série, tem uma personalidade bastante diferente do próximo papel de Rami Malek. Depressivo e ansioso socialmente são alguns dos traços que diferem totalmente de Freddie Mercury, o seu próximo desafio no cinema. A pressão para interpretar o vocalista dos Queen era imensa. Em entrevista Rami confessou que foi quase como estar com uma arma apontada à cabeça.

O que havia de fazer? Gosto de pensar que quando sou deparado com uma situação de: ou lutas ou foges, eu luto. Os desafios mais assustadores que decidi aceitar na minha vida têm sido os mais recompensadores. E este filme é uma prova disso mesmo“.

A escolha de Rami Malek para ser o protagonista de “Bohemian Rhapsody” não foi um processo fácil. Depois de uma projeto a arrastar-se durante anos, o produtor, Graham King, juntou-se com o ator durante 6 horas. Durante a longa reunião, Rami foi sincero durante todo o processo. “Não sei cantar ou tocar piano. Mas garanto, que se me der tempo, chego lá“, tal honestidade valeu-lhe o papel do ídolo de muitos. A partir daí ainda foi mais difícil, ser o Freddie Mercury não é para todos. Rami, estudou imenso para este papel, desde o sotaque britânico, à forma de falar e gestos próprios do cantor. Teve aulas de coreografia corporal para ser a melhor interpretação possível. Além do fantástico guarda-roupa exuberante de Freddie, Rami teve que adaptar-se à sua caracterização, mesmo aos dentes postiços que modificavam a forma das suas expressões. Ainda aprendeu piano, canto e dança. Estudou arduamente, e nota-se o seu empenho durante todo o filme. Estamos a ver o Freddie e não o Rami.

O visual do actor é bastante diferenciador. A sua beleza natural é fora do vulgar, chamam a atenção dos directores de casting.  Os seus olhos grandes expressivos e a sua voz calma e pacífica, são características suas únicas. Quando é escolhido para uma personagem, embarca numa viagem de auto-descoberta e converte-se nela completamente. Rami Malek tem garra e paixão por aquilo que faz, e já não é fácil encontrar alguém assim numa área tão saturada. Relativamente à sua vida privada mantém-se reservado em entrevistas. Recentemente confirmou a sua relação com a co-star Lucy Boynton que participou em “Bohemian Rhapsody” como Mary Austin.

O carismático Rami Malek já conquistou o Globo de Ouro com o papel que mudou para sempre a sua carreira, agora só lhe falta mesmo o merecido Óscar.

Share this article
Shareable URL
Prev Post

O culto dos animais, no adeus às touradas.

Next Post

Olhá Régua – O Peso de paisagens e passeios

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Read next

O Lado Negro da Força

Faltava um quarto para as seis da tarde e o dia de trabalho ainda estava a meio. “Isto de dizer aos outros o que…