fbpx
Bem-Estar

Oportunidades…

ou etapas da vida?

Sobre as oportunidades da vida e o que fazemos com os momentos que nos vão surgindo ao longo do caminho, são muitos os pensamentos.

Quantas vezes nos perguntamos por que razão deixámos passar por nós, sem nada fazer, esta ou aquela oportunidade? Estranhamente, e falo por mim, mais vezes do que aquelas que eu quereria.

Se é verdade que dou o melhor de mim, em tudo o que faço, também é verdade que algumas oportunidades foram perdidas por entre os dedos, tantas vezes sem sequer perceber.

Não há infalíveis e não se pode ter o melhor dos dois mundos!

Esta é uma verdade que aprendi a reconhecer com a idade, sei que sou mais madura, porque mais vivida, mas tantas vezes ingénua porque continuo a acreditar no outro, e a avaliar as pessoas que me rodeiam, por aquilo que eu sou, e somos diferentes.

Em ano de pandemia, é necessário também, naturalmente, fazer-se um balanço do que se foi fazendo ao longo do tempo, tenho a consciência da missão cumprida, além dos dias de desalento em que tudo em nossa volta parece desmoronar, resiste sempre a esperança de que melhores tempos virão, e que amanhã seja uma nova oportunidade para fazer de novo, e fazer bem o que hoje não conseguimos realizar.

Vida dura, a de quem se exige ser melhor a cada dia que passa e que se debate ainda assim, com todas as suas frustrações, dúvidas e agruras, mas o caminho é mesmo assim, feito de etapas e de dificuldades, onde estaria a graça da vida se tudo fosse fácil, bonito e bom?

Não seria a nossa vida com toda a certeza, não aquela que temos repleta de fantasias, de mistura de sensações e de odores, onde os sons se misturam com os cheiros e nos fazem encher o peito de ar, e respirar profundamente, para de novo recomeçar.

A vida feita da poesia dos momentos bonitos, aqueles em que se respira felicidade e tudo em volta transparece ternura, felizes os que acreditam, não discuto agora os temas da crença, apenas a importância em acreditar em Deus, na vida, na força do universo, acreditar naquilo que nos dá alento e nos leva mais longe neste percurso de vida que por si já é tão curto.

Costuma dizer-se que a mesma água não passa duas vezes sob a mesma ponte, e ainda bem que não, por vezes seria bem complicado se tivéssemos que nos reportar no tempo a determinados acontecimentos sucedidos, com certeza a maioria trará associados a si, boas memórias e muitas aprendizagens.

Mas com toda a certeza haverá outros momentos, que de oportunidades apenas tiveram o nome, foram antes, grandes lições de vida, más experiências que não nos tendo matado, nos fortaleceram.

Há, portanto, que agradecer a quem nos dificultou o caminho, a quem nos colocou obstáculos no percurso e nos disse:

Não serás capaz! É aqui o teu fim!

Há que agradecer a quem não acreditou em nós, porque esses, ainda que sem querer, foram também os precursores da nossa garra e dinâmica no caminho do sucesso.

Ana Paula Marques

Assumo sem qualquer tipo de pudor o grande gosto que tenho pela escrita, e pelo ato de escrever palavra após palavra, construindo momentos de reflexão e procurando embelezar os nossos dias. Verter palavras transformando-as em textos, são momentos de criatividade que me fazem mais feliz, e que espero, possa transformar de algum modo a vida de quem lê o que escrevo com tanto amor!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Botão Voltar ao Topo
%d bloggers like this:

Adblock Detectado

Por favor, considere apoiar o nosso site desligando o seu ad blocker.