+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

One Tree Hill

A série que vos trago hoje tem como personagens principais Lucas Scott (Chad Michael Murray), Nathan Scott (James Lafferty), Haley James Scott (Bethany Joy Lenz), Peyton Sawyer (Hilarie Burton Morgan) e, a minha preferida, Brooke Davis (Sophia Anna Bush).

Esta série estreou no dia 23 de setembro de 2003 e terminou em 2012. Foram  9 anos de muita raiva, amor, alegria, tristeza e muito drama.

Sim, no ano passado comemoraram-se os 20 anos da série. E sendo uma das minhas séries preferidas, eu não podia deixar de falar dela.

Eu conheci “One Tree Hill” na minha viagem a Wellington (Flórida) quando numa noite a minha amiga me deu a “experimentar” um episódio aleatório. Fiquei logo apaixonada. É daquelas séries que se vêm quando estamos em baixo para dar um up, quando estamos com raiva para nos acalmar, quando estamos apaixonadas/os para vermos o lado bom da série e que se vê só porque sim, pois é uma ótima série.

Os nossos produtores podiam aprender um pouco com os produtores americanos, por exemplo com o Mark Schwahn.

A série passa-se na cidade de Tree Hill, que é uma cidade fictícia. Sendo a original  Wilmington, Carolina do Norte, onde foram filmadas as cenas de exterior.

Alguém disse uma vez: São as boas garotas que escrevem em diários. As más garotas nunca têm tempo. Eu? Eu apenas quero viver uma vida que irei lembrar. Mesmo que eu não escreva tudo.

Está na hora de vos dar o aviso do costume.

*PODE CONTER MUITOS SPOILERS*

Esta série conta-nos a história de dois irmãos, mas de mães diferentes.

Karen Roe engravida, de Dan Scott, no seu ano de finalista de liceu. Mas como carácter é coisa que falta a Dan, este não assume o filho, Lucas, e nem quer saber dele, digo até que ódio é o seu maior sentimento pelo filho. A única ajuda da família Scott que Karen tem é de Keith Scott, o irmão de Dan, que vê, inclusive, o Lucas como seu filho e tem uma grande paixão por Karen.

Por outro lado temos Deb Scott que engravida de Dan e esta já tem a sorte (não sei se podemos chamar de sorte) de se casar com ele. Dan assume a criança, Nathan.

Ambos crescem sem se darem, mas eis que chega o dia em que Keith desafia o treinador da equipa de basquetebol da escola a ir ver o Lucas jogar na quadra da beira do rio da cidade, onde ele costuma jogar com os amigos de infância.

Escusado será dizer que Nathan é a estrela da dita equipa da escola. E que Lucas entra para a equipa.

E é aí que as aventuras começam.

A melhor amiga de Lucas vai dar explicações a Nathan e apaixonam-se.

Peyton Sawyer, namorada de Nathan, e a sua melhor amiga Brooke Davis ambas fazem parte da claque da escola e apaixonam-se por Lucas.

Como podem ver há imenso drama.

A série conta com nove temporadas, os episódios variam entre os 18 e os 24 sendo que a nona apenas tem treze episódios, cada episódio conta com cerca de 40 a 50 minutos.

Se eu gostaria que houvesse mais episódios e mais temporadas? Claro que sim, ainda havia muita história para contar sobre estes amigos, casais que têm filhos ali na reta final do liceu, cantoras/compositoras que deixam o marido para seguir uma carreira na música, mas que voltam sempre para o marido. Pessoas que se aproveitam de acidentes em escolas para terminar com a vida de outras inocentes.

Se pensam que se trata de uma série banal do género série para adolescentes que estamos habituados a ver, estão um pouco enganados. Esta série tem realmente qualidade e trata sim de assuntos realmente importantes. Em quase todos os episódios há sempre uma frase que são muito mais do que motivacionais. São concelhos que se levam para sempre e nos tocam no coração.

Deixo aqui a minha preferida, que quando a ouvi chorei muito, mas mesmo muito. Da forma como é dita na série bate mesmo muito forte.

Pede um desejo e guarde-o no coração.
Qualquer coisa que quiseres.
Tudo que o quiseres.
Já o pediste?
Ótimo.
Agora acredita que ele se vai realizar.
Tu não sabes de onde vai surgir o próximo milagre, o próximo sorriso, o próximo desejo realizado.
Mas se acreditares que está logo ali…
E abrires a mente e o coração para a chance de acontecer…
Para a certeza do acontecer…
Tu podes conseguir aquilo que pediste.
O mundo está cheio de magia.
Tu só precisas de acreditar nela.
Então, pede o teu desejo.
Já o pediste?
Ótimo.
Agora acredita nele.
Com todo o teu coração.

Deixo agora aqui o trailer da primeira temporada.

Espero que se deixem apaixonar como eu me apaixonei. Até pela música de abertura eu me rendi.

Nota: este artigo foi escrito seguindo as regras do Novo Acordo Ortográfico.

Share this article
Shareable URL
Prev Post

A física quântica não vai te salvar

Next Post

Rosa Parks

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Read next

Love Death + Robots

Foi recentemente, em Março, que a Netflix lançou a antologia Love Death + Robots, de 18 curtas de animação,…