+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

O espírito das férias

Não conheço ninguém que não goste de ir de férias ou, simplesmente, de estar de férias. É tão bom quando podemos ir para um novo lugar, não ter as mesmas rotinas, não ter de respeitar horários e não ter preocupações.

Ao longo de 2023 tenho-me perguntado porque é que ansiamos o ano todo pelos vinte e dois dias a que temos direito? Porque é que passamos mais de trezentos dias a aguardar viver num tempo tão curto?

E é por isso que eu acho que as férias são um espírito! Não se veem, mas estão sempre lá! Assombram a mente daqueles que arduamente trabalham.

Depois de muito pensar, não tenho uma solução milagrosa e não consigo desvendar este mistério. Ainda tentei usar água benta, alho, uma cruz, e nada disso ajudou.

Só que, no entretanto, tive um pensamento luminoso ou iluminado (como preferirem), e começou a germinar na minha cabeça: e se eu trouxer esse espírito para o meu dia-a-dia?

Pensem comigo, o que é que fazemos nas férias que nos deixa tão relaxados, bem-dispostos e realizados? No meu caso, em primeira instância, é estar com as pessoas cá de casa, passarmos tempo de qualidade juntos. Acrescento a isto ler um livro e passear na praia.

Não é possível escapar à rotina, mas podemos alterá-la. E se em vez da felicidade ser um grande objetivo forem pequenas coisas que nos trazem alívio e descanso?

Eu não quero correr e correr e apenas descansar nos vinte e dois dias de férias. Prefiro equilibrar a corrida da minha vida com uma passada mais leve, um descanso aqui e um descanso acolá!

Todas as pessoas que conheci tinham dificuldades em regressar ao trabalho, após as férias, gostassem elas ou não do seu trabalho, estivessem elas mais ou menos realizadas nele.

Eu digo-te, não desesperes, nem te sintas inconformado ou deprimido. Experimenta esta receita: Faz o chamamento do espírito das férias para que se aposse de ti todos os dias.

Mas como?

Fazendo algo diferente no teu dia, fazendo algo que te ajude a relaxar ou fazendo algo que te faça sorrir, por exemplo. Tu melhor que ninguém saberás.

Deixa que esse espírito tome posse do teu dia-a-dia, não como uma assombração, mas como um morador permanente.

Ah! Já agora aproveita, abre a porta, e manda embora a depressão, o cansaço e o mau-humor. Não vivas para ter férias, vive em permanente descanso.

P.S. – Para mais receitas é favor enviar mensagem privada.

P.S. 2 – Se alguém experimentar a minha receita e ela resultar que me envie mensagem privada no próximo ano.

Nota: este artigo foi escrito seguindo as regras do Antigo Acordo Ortográfico
Share this article
Shareable URL
Prev Post

O Caso Insólito de Javier Milei

Next Post

Rabo de Peixe: do paraíso ao pesadelo viral

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Read next

S E X EDUCATION

Vamos lá surpreender o pessoal com este artigo. Políticas, sociedade, guerras ou pandemias,…, não nos…

Work Math

Uma das trends mais virais dos últimos tempos é falar da matemática das coisas. Boy math, girl math, gay math,…

Fechar a porta

Li algures que aquilo que nos encanta nos inícios no outro é o mesmo que nos desencanta no fim de uma relação. E…