+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Nenhum coração sonha ser esquecido

Nenhum coração sonha ser esquecido.

Não há lugar para tristezas nos sonhos de quem só tem olhos para o amor. Os sonhos comandam a vida de quem ama e não sabe como lidar com o esquecimento.

Quando a dor bate na porta, agarramos as pontas do que sobrou depois de mais uma queda e costuramos todos esses retalhos com linhas coloridas para dar vida aos sonhos. É a única maneira possível de segurar a ilusão ali ao nosso lado.

Por vezes, pergunto-me como temos tanta força para nos erguermos depois de cada queda e encontro a resposta nos sorrisos que o tempo nos desenha nos lábios para que o mundo à nossa volta nos continue a julgar que somos felizes. Talvez não seja bem para enganar o mundo que continuamos a sorrir, mas sim pela necessidade de encontrar razões para continuar a viver depois de perdermos o que julgávamos tão nosso que nos pertenceria para a eternidade.

Quando penso em tudo isso, vejo que também as flores voltam a florir depois de mais um Inverno agreste que quase as destruiu. Ouço as aves a cantarolar nos ramos verdes das árvores festejando o regresso da Primavera. Tudo se renova a cada estação, a natureza é feita de constantes recomeços. É nesse momento que percebo que as quedas não são mais do que curvas na estrada da vida e que depois de as contornarmos continuamos a nossa caminhada. A vida sacode-nos por dentro para limpar a poeira do sofrimento e num abrir e fechar de olhos estamos como novos.

Nenhum coração sonha ser esquecido, mas quando o outro nos resolve abandonar de nada nos vale gastar o nosso tempo a chorar. É difícil na primeira hora mas a solução é respirar fundo e encontrar razões para continuar a sonhar com um amanhã que poderá ser melhor. É preciso procurar uma luz no meio daquela escuridão e acreditar que dias melhores estão para chegar.

A vida sabe qual é a rota certa do nosso destino e , por vezes, tem de fazer pequenos reajustes, Vai abrindo algumas janelas com vista para o futuro e fechados as portas do passado para nos ajudar a fazer esta viagem.

Quando o esquecimento se aproxima de um coração onde ainda arde a chama do amor é preciso fechar a porta ao passado e dizer-lhe que a dor que nos acena pela janela não tem entrada nas nossas vidas. É preciso encontrar desculpas para não sofrer e sorrir por dentro para que esse som se ouça lá fora e o sofrimento se vá embora.

Nenhum coração sonha ser esquecido, mas quando outro não nos quer amar o melhor é deixa-lo ir e ficar a cantar, porque afinal quem canta seus males espanta.

Share this article
Shareable URL
Prev Post

POLÍTICAS. Em desmantelamento

Next Post

A obrigação do verão

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Read next

Turismo em Portugal

“Portugal está em crise” é a frase mais ouvida e escrita nos últimos tempos. Diariamente, as pequenas e médias…

Atypical

Atypical estreou em 2017, outro original da Netflix. O protagonista da série é Sam (Keir Gilchrist) um…