PersonalidadesSociedade

Joaquin Phoenix

O génio rebelde de Hollywood

Pode ficar muitas vezes longe das luzes dos holofotes, mas, quando aparece, não deixa ninguém indiferente ao seu talento e postura. Prefere uma boa conversa profunda a uma fotografia com um fã. Escolhe a dedo os seus papéis e vive de corpo e alma a personagem que interpreta. Vegetariano desde os 3 anos, já recusou posar para uma revista com umas botas em pele. Fortemente envolvido nos direitos dos animais, tem uma forma estranha de estar, mas é sempre das primeiras escolhas dos principais realizadores de Hollywood. Joaquin Phoenix é um génio na sua profissão e já conseguiu três nomeação ao Óscar pela Academia.

Começou a ser reconhecido em 2000, quando estreou o filme Gladiador, ainda era um jovem com 26 anos. Depois aceitou papéis em filmes como: Sinais (2002), Brigada 49 (2004), The Master (2012), Maria Madalena (2018). No entanto é mais reconhecido pelas suas participações em Walk the Line (2005), I’m still here (2010) e Her (2013). Emerge profundamente nos seus papéis e vive cada segundo como a personagem lhe ordena. Em Walk the Line foi pedido pelo próprio man in black, Johnny Cash para o interpretar no cinema. Que enorme honra. Tem sempre uma história marcante em cada filme que participa. Em Brigada 49  viveu durante um tempo como um bombeiro e teve uma experiência real de estar entre o fogo. Para o filme Maria Madalena,  onde interpreta Jesus, restringiu-se a uma dieta de 300 calorias por dia, o que não é nada aconselhável. A sua última loucura foi perder 23 kilos para o seu mais recente filme, Joker. Joaquin Phoenix não é um ator convencional, cara de catálogo, mas é muito profissional naquilo que faz. Diz não ser adepto de prémios, mas será este o seu ano como vencedor do Óscar de Melhor Ator?

Joaquin Phoenix
Joaquin Phoenix como “Joker” a sua mais recente participação no cinema. Para quem já viu o filme, afirmam que ninguém fica indiferente à sua prestação.

A sua decisão em ser ator, surgiu quase como por acaso. Surgiu mais como uma necessidade. Joaquin é o terceiro de cinco filhos de John e Arlyn. Quando ainda era criança, os seus pais, aderiram a um culto religioso, designado Os Filhos de Deus. Viajaram por toda a América do Sul e adoptaram nomes relacionados com a natureza. Joaquin aceitou o nome de Leaf e até utilizou esse nome numa das suas participações na televisão. Em 1978, entram em conflito com a ceita e voltam aos Estados Unidos da América. É nesta altura que Joaquin e os irmãos, tentam ajudar a família da maneira que conseguiram. Tentavam conseguir dinheiro com pequenos shows na rua que faziam com dança, canto e a tocar instrumentos. Chamaram à atenção de um agente de talentos que decidiu começar a trabalhar com os cinco irmãos. Começaram a fazer pequenas participações em comerciais e episódios de televisão. Joaquin participou em algumas produções com o seu irmão mais velho, River Phoenix, que na altura estava a tornar-se num ídolo adolescente. A trágica história de River, ainda reflecte-se muito na vida de Joaquin, pois foi ele que chamou a emergência enquanto o irmão sofria uma overdosed à porta de um bar. River não sobreviveu e faleceu 3 dias após Joaquin completar 19 anos.  Em 1993 esta notícia, abalou Hollywood, pois River era uma jovem estrela em ascensão que já estava na mira da industria cinematográfica pelo seu talento e beleza.

Foi preciso um ano para o ator superar a perda do irmão e voltar à sua carreira. Neste momento houve um ponto de viragem. Dedicado a tornar-se melhor foi aceitando papéis mais pesados e obscuros para a sua juventude. Pouco a pouco foi construindo uma carreira sólida e muitas vezes aceitava fazer uma pausa. Mantém uma carreira yô-yô, mas necessária para a sua inspiração e criatividade. Foi em 2005 que aceitou de livre vontade inscrever-se numa clínica de reabilitação para curar a sua dependência ao álcool. Foi nesse mesmo ano que recebeu a nomeação para melhor ator no filme “Walk the Line” onde interpreta o músico Johnny Cash. Sobre a sua vida privada, está noivo da atriz Rooney Mara, o casal vive perto das Hollywood Hills. Actualmente está a dar que falar devido à sua interpretação no filme Joker.  O filme foi apresentado no Festival de Veneza e até recebeu o leão de ouro, muitas críticas positivas foram divulgadas. Joaquin Phoenix interpreta um homem solitário que vive em desgraça numa sociedade que o despreza, cria uma nova personagem que surge como alter-ego e impõe-se aos outros. Acreditem em mim  pode estar em risco uma nova nomeação ao Óscar. O filme já pode ser visto nas salas de cinema.

Tags

Célia Paula

Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro escrever e ler. Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries de televisão, vejo tudo o que que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia. Adoro a vida, e ainda há tanto para descobrir.

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: