+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

El Juego del Ángel, de Carlos Ruiz Zafón

Este é o segundo livro dos “romances adultos” de Carlos Ruiz Zafón. Apesar de não ser preciso ler o primeiro para conseguir acompanhar este, é sempre uma mais-valia ler, não só por serem histórias deliciosas, mas porque, no fim, quando os pontos se vão unindo, ficamos sempre com uma imagem mais completa, com outra percepção do que tudo significa e, claro, descobrimos ainda um bocadinho do livro anterior. No entanto, embora cada livro valha por si próprio, é neste que se encontra a essência para se perceber completamente o terceiro, El Prisionero del Cielo.

El juego del angel 2

Em El Juego de Ángel, encontramos a história de David Martín, um aspirante a escritor, que, com a ajuda de um amigo e a ser enganado pelos seus editores, lá se vai safando no mundo literário, assinando pequenos contos semanalmente com outro nome. A sua grande oportunidade chega, quando um misterioso editor francês, Andreas Corelli, se interessa pelos seus livros. David, vaidoso e ansioso por uma chance como escritor reconhecido, ao aceitar trabalhar com o editor francês, a sua vida começa a andar a um ritmo vertiginoso para: os seus editores aparecem mortos e ele vê-se livre de uma doença grave, tudo graças aos poderes – aparentemente sobrenaturais – de Andreas Corelli. Será ele humano? Um anjo? Ou o diabo? O que é que pedirá em troca de todos aqueles favores? Ou, mais importante ainda, o que é que David estará disposto a fazer por aquela oportunidade?

El juego del angel 1Enquanto isso, novamente nas ruas de Barcelona, os destinos de vários personagens encantadores e lúgubres cruzam-se, destapando-se o véu de nevoeiro que banha a cidade, para se conhecerem várias histórias difíceis e dolorosas, mas nem por isso menos mágicas. Como em todos os livros que já li dele, Ruiz Zafón estica muito as cordas do real e do irreal, mas consegue fazer-nos acreditar perfeitamente em cada vírgula, ao transformar o fantástico em realismo mágico (também presente em Gabriel García Márquez). Importante mencionar que, sem escapar à tradição, também neste livro temos presente o Cemitério dos Livros Esquecidos, e, claro, mais um Sempere (não, não é Daniel). Desta vez, vão ter de descobrir quem é o personagem do clã Sempere que vive esta história e desvendar mais um pouco da história desta família.

Share this article
Shareable URL
Prev Post

Co-adopção e falta de acção

Next Post

All you need is Love

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Read next

American Sniper

American Sniper apresenta-nos um fenómeno que tem tido cada vez mais presença no cinema norte-americano – a…

A Promised Land

Em Julho de 2004, na Convenção Nacional do Partido Republicano, subiu ao palco um jovem afro-americano, de…

The World to Come

Para quem é apreciador de bons diálogos, com conteúdo e de uma profundidade poética e articulada tem neste filme…