+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Diz-me o que lês, dir-te-ei quem és

Leitura. É isso que estás a fazer ao olhar para este artigo: a ler. Há diversos tipos de leitura, aliás, às vezes há quem leia sem estar, de facto, a ler.

Na minha opinião a leitura tem um efeito super importante não só na nossa educação como também no nosso desenvolvimento intelectual. A verdade é que, quanto mais lemos, mais exercitamos e estimulamos o nosso cérebro, o que acaba por ser determinante para a nossa formação intelectual. Eu acredito que a leitura nos molda e ajuda a definir um bocadinho mais a nossa personalidade. Se nós somos influenciados pela sociedade em que estamos inseridos, também somos, certamente, influenciados por aquilo que lemos. Não é à toa que as pessoas mais informadas são as que mais lêem, as que mais pesquisas fazem e as que mais abdicam de “caprichos” em prol de uma tarde de leitura. Ler também pode ser divertido, aliás, ler é uma mistura de aprender com entreter.

Se ler nos faz mais felizes? Certamente que sim. Talvez, porque nos transporta para outro mundo. Um mundo que nos impede de recordarmos os males da nossa vida e o que mais nos preocupa, porque estamos com a cabeça ocupada e focados naquilo que estamos a imaginar, através da leitura. Imagens. Uma das coisas boas que a leitura nos traz. É impossível lermos alguma coisa sem que o nosso cérebro nos envie imagens do que estaria a acontecer, se, ao invés de estarmos a ler, estivéssemos a viver a história. Isso é a prova de que é impossível não mergulharmos a fundo nas páginas de um livro, ou num simples texto composto por várias palavras. Ela toma conta de nós. Ela domina-nos por inteiro. Uma vez que comeces a ler algo que te cative não consegues parar. É automático e inevitável começares a pensar no que virá a seguir, quereres saltar parágrafos, porque a curiosidade é demasiada e, por vezes, não dá para não te imaginares a viver a história que aquele livro conta.

Ler é uma dádiva. Nem todos tiveram a oportunidade de fazê-lo, porque não tiveram a educação e o ensino que hoje temos. Por este motivo e mais alguns, devemos aproveitar por aqueles que não o conseguiram fazer. Desfrutar ao máximo do prazer que uma leitura nos traz. Sentir o cheiro do papel e viver cada palavra que nos entra pelos olhos. Ler faz-nos sonhar. Por momentos somos alguém que nunca fomos e vivemos coisas que, na vida real, nunca pudémos viver. Sempre que lemos podemos ser alguém diferente, ter outra personalidade e experimentar outra profissão. Quando o fazemos, somos livres para sonhar e ser aquilo que nós quisermos. Já imaginaste como seria se fosses a personagem principal do teu livro favorito?

Share this article
Shareable URL
Prev Post

Média e Política – uma relação interdependente

Next Post

Normalidade na anormalidade

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Read next

Todos temos um depois

Mais tarde, não conseguiria ir a um café sem sentir o triste peso de um mau augúrio, até se habituar àquela…

Subida para o inferno

Enorme escadaria. Olhando para o topo ainda maior se tornava. É o seu primeiro grande tormento agora que mudou…