CrónicasViagens

Dicas de viagem para totós

Como encontrar voos baratos? Voar é a forma mais confortável, rápida e segura de viajar. Por isso, a maior parte das pessoas opta por este meio para se deslocar, mas como é que se conseguem viagens baratas? Em primeiro lugar, é preciso comprar a viagem com antecedência (eu diria pelo menos três meses antes) e ter alguma flexibilidade em relação aos dias e às horas – fazer uma viagem ao fim-de-semana é normalmente mais caro do que viajar a uma terça ou quinta-feira por serem dias em que a maioria das pessoas se encontra a trabalhar. Existem vários sites em que se podem comprar voos: quando comecei a viajar utilizava o momondo.pt e o kiwi.com (este com muito menos frequência do que o primeiro), mas, entretanto, descobri o azair.eu e rendi-me.

O azair.eu não é um site de venda de viagens como o momondo.pt, mas sim uma plataforma onde é possível pesquisar os voos mais baratos do mercado – para efectuar uma reserva serão encaminhados para o site da respectiva companhia aérea. Na minha opinião, é a plataforma ideal para quem tem muita disponibilidade, pouco dinheiro e pretende viajar em lazer, sem ter a rigidez de um destino em específico.  Este site permite-nos fazer uma pesquisa baseada apenas no local de embarque e nos dias que temos disponíveis: no meu caso, são muitas as vezes em que acedo a este site, coloco “Bordeaux” como local de embarque, assinalo os dias que tenho disponíveis e, de seguida, clico na opção “take me anywhere”. O site dá-nos ainda a possibilidade de escolher o número mínimo e máximo de dias que queremos viajar, bem como o número de escalas que estamos dispostos a fazer. Preenchidos os parâmetros, o site apresenta-nos uma lista dos vários voos disponíveis e os respectivos preços. Ao optarmos por um voo, somos encaminhados para o site da companhia aérea, onde devemos efectuar a compra. Todos os voos que fiz durante as minhas férias da Páscoa foram comprados neste site e não tive qualquer problema!

E se eu ficar doente durante a viagem? Levem convosco o Cartão Europeu de Seguro de Doença! O Cartão Europeu de Seguro de Doença é um documento que permite obter assistência médica nos serviços públicos de qualquer Estado-Membro da União Europeia e outros países dentro da Europa. É muito fácil de adquirir: podem fazê-lo gratuitamente através da Internet, nos serviços de atendimento da Segurança Social ou nas lojas do cidadão. É simples e pode poupar-vos despesas no médico, caso precisem de um.

Quanto vou gastar? Fazer um orçamento é fundamental para ter uma maior consciência dos gastos que se fazem e não gastar o dinheiro todo nos primeiros dois dias. Apesar disso, é importante que o orçamento não seja demasiado rígido e tenha uma margem de manobra para imprevistos que possam surgir, desde despesas de Uber a multas nos transportes públicos (já me aconteceu!). Para definir o valor do orçamento é fundamental ter em consideração as deslocações do aeroporto para o centro da cidade e vice-versa, as deslocações do centro da cidade para o local de alojamento (caso necessário), a alimentação, as atrações turísticas que se pretende visitar, as recordações que se pretende comprar e os bares que se pretende visitar. Uma boa forma de controlar o dinheiro gasto é através da Monefy, uma aplicação gratuita e extremamente simples de usar, onde podem registar todos os gastos efectuados ao longo do dia.

Já não tenho espaço no meu telemóvel para guardar fotografias! O que faço? Se estão em viagem e ficaram sem espaço no telemóvel para guardar fotografias, por favor, não enviem tudo o que têm para os vossos amigos por WhatsApp! Além de encherem o telemóvel dos vossos amigos ou namorados com fotografias que eles não querem realmente ver, vão continuar a ocupar espaço no vosso telemóvel devido à cópia de segurança que esta aplicação faz das vossas conversas. Se têm um smartphone, guardem as fotografias directamente no Gmail Fotos! Basta procurarem o ícone desta aplicação (que já se encontra na maioria dos telemóveis), ir às definições e activar a opção “adicionar automaticamente”. Deste modo, podem apagar as fotografias do vosso telemóvel sempre que vos apetece sem receio de as perderem. Além disso, na eventualidade de perderem ou partirem o telemóvel, as vossas fotografias continuam em segurança.

É a primeira vez que visito esta cidade. Por onde devo começar? A resposta é simples: façam Free Tours! Foi em Dezembro do ano passado que fiz a minha primeira Free Tour na cidade de Amesterdão. E o que é uma Free Tour [ou “fritura”, como eu prefiro chamar]? Uma Free Tour é uma visita guiada pela cidade feita por uma pessoa local. Eu já não dispenso! Vou a freetour.com, coloco o nome da cidade que vou visitar e escolho a que mais me agrada. Há imensos tipos de visitas guiadas: as históricas, as alternativas, as que se focam na parte mais recente da cidade, as que oferecem degustações (como queijo ou chocolate, conforme a especialidade da cidade) e por aí fora. Há também várias línguas disponíveis, nomeadamente Inglês, Espanhol e Francês. Feita a reserva, é-nos indicado um ponto de encontro ao qual nos devemos dirigir e onde iremos iniciar a visita de grupo. As Free Tour têm uma duração entre 1h30 e 3h00, sendo que eu prefiro as mais pequenas – já experimentei ambas e achei a visita mais longa aborrecida, uma vez que visitamos exactamente os mesmos sítios, mas o guia demorava-se muito mais tempo em cada local. E estas visitas guiadas são mesmo gratuitas?, perguntam vocês. Tudo depende de vós. No final da visita, é pedida uma contribuição pelo serviço que vos foi prestado, que é totalmente opcional. Eu opto sempre por pagar, ainda que seja pouco, porque tenho a consciência de que aquela pessoa gastou parte do seu tempo a dar-me informações que me foram bastante úteis. No meu entender, esta é a forma mais económica de ficar a conhecer os pontos mais importantes da cidade e pedir algumas dicas sobre as atrações turísticas que vale meeesmo a pena pagar para visitar.

Sem rede no telemóvel? Nada de pânico! Desde que vim para França, fiquei sem rede no meu telemóvel inúmeras vezes. Se ao início não sabia o que fazer, agora sou uma especialista na pesquisa de rede manual. Na verdade, é bastante fácil: basta acederem às definições do vosso telemóvel, seleccionar a opção “ligações”, “redes móveis” e, por fim, “procurar rede” ou “selecionar automaticamente”. Por vezes é ainda necessário reiniciar o telemóvel.

(Muito) cuidado com os vossos pertences! É uma dica muito óbvia, mas nunca é demais recordar! Há muitas cidades cheias de turistas, onde vão levar encontrões constantes na rua, enfrentar filas gigantes sempre que querem visitar uma atração turística e fazer de tudo para encontrar um pequeno espaço nos transportes públicos onde possam caber. Nestas situações é muito fácil roubarem os vossos pertences sem que se apercebam! Para evitar que isso aconteça, nunca coloquem os vossos valores no bolso da frente de uma mochila ou nos bolsos do casaco. A perda de documentos pessoais em viagem pode causar situações muito complicadas! Caso aconteça, verifiquem se existe Consulado ou Embaixada Portugueses no país em que se encontram e dirijam-se lá.

Boas viagens! 😉

Tags

Carla Sofia Maia

Olá! O meu nome é Carla, tenho 27 anos e nasci em Vila do Conde, uma pequena cidade no Norte de Portugal. Talvez por ter crescido numa cidade pequena, desde cedo tive o sonho de viajar pelo Mundo e conhecer outras pessoas e culturas. Aos 18 anos, mudei-me para Coimbra onde estudei Jornalismo e Comunicação. Ao longo dos meus estudos, tive a oportunidade de conhecer pessoas de todas as partes do Mundo, o que reforçou a minha vontade de ter uma experiência além-fronteiras. Foi em 2017 que conheci o Serviço Voluntário Europeu e tive a certeza de que era algo que fazia todo o sentido na minha vida: fazer voluntariado noutro país, tendo a oportunidade de aprender outra língua era algo que eu desejava. Actualmente estou a viver em Bordeaux, onde sou voluntária de uma instituição europeia e posso dizer que estou muito feliz por ter sido aceite neste projecto, em que sou embaixadora dos valores europeus. Escrever é uma paixão que vi reforçada com esta nova experiência, em que há tanto para contar. Boas leituras!

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: