+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Crepúsculo

Sinopse:

“A respeito de três aspectos, eu estava absolutamente segura. Em primeiro lugar, Edward era um vampiro. Em segundo lugar, uma parte dele – e eu não sabia qual era o poder dessa parte – ansiava pelo meu sangue. Por fim, em terceiro lugar, eu estava incondicional e irrevogavelmente apaixonada por ele.”

Eu sei que este livro já deu o que tinha a dar, mas eu tinha de falar dele porque ele teve um grande impacto na minha vida.

Para quem não está familiarizado com a história aqui vai um breve resumo:

Bela é uma rapariga normal filha de pais separados, ela vive com a mãe no estado do Arizona, mas decide ir passar um tempo com o pai na região mais chuvosa de Washington, Forks. Na escola ela é a rapariga nova o que causa um grande tumulto (por ser uma cidade pequena onde raramente aparecem pessoas novas). Ela faz novos amigos, mas fica intrigada pelos colegas da família Cullen, mais propriamente pelo Edward. A história gira em torno destes dois, ela é uma humana bastante curiosa, ele um vampiro bastante atraído pelo seu odor, mas que quer manter o seu segredo e o da família a salvo. Ambos se apaixonam, ele revela-lhe o seu segredo (que ela já desconfiava derivado às suas atitudes) e começam a passar bastante tempo juntos. Com a chegada de três forasteiros (vampiros) à cidade, as coisas ficam tremidas para o lado dos Cullen e fica ainda pior quando estes têm conhecimento da relação de Bela com Edward. Acho que já dá para ter uma breve visão sobre a história, por isso, mais não digo porque não quero dar spoilers.

Este livro fez-me apaixonar pela leitura, eu era daquelas pessoas que, quando me perguntavam o que eu não gostava de fazer, a minha resposta era ler. Agora sei que o que eu não gostava era dos livros que eu tinha lido até então (ex.: Memorial do Convento, Frei Luís de Sousa, etc.). Para mim estes livros foram enfadonhos e sim eu sei que um dos autores destes livros foi Prémio Nobel da literatura, mas até hoje não consegui ler nenhum livro deste autor, desisto logo nas primeiras páginas. Hoje em dia penso que os miúdos têm mais diversidade no que diz respeito a leituras obrigatórias na escola e ainda bem.

Posso dizer então que este livro abriu-me as portas para o mundo da leitura, descobri que ler pode ser uma actividade bastante prazerosa. 

Por isso lembrem-se, lá por um livro ter sido mau não quer dizer que os outros todos também o sejam.

Boas leituras.

Nota: este artigo foi escrito seguindo as regras do Antigo Acordo Ortográfico.

Share this article
Shareable URL
Prev Post

Livre-arbítrio

Next Post

A história do Lobo (Mau)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Read next

Onde é que ele está?

Há quem diga que trabalhar apenas com mulheres, quando se é mulher, é horrível. Que são mesmo más colegas umas…

Duarte

Tomava o seu banho de sol revigorante e saudável, como habitualmente. Nada como um bom sol para retemperar as…