+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Braga… uma cidade meramente católica?

Apologista do “vá para fora cá dentro”, o roteiro deste mês passa por uma cidade bem portuguesa com certeza. Com 2000 anos de existência, Braga é considerada a cidade mais antiga de Portugal. Conhecida como a “capital do Minho”, Braga reúne um pouco de todo o Minho e todo o Minho tem um pouco de Braga. Se gostas de locais religiosos e cheios de arte cristã, esta é a cidade certa para ti. Braga conta com inúmeras igrejas, capelas e basílicas, sendo que a mais conhecida delas é, claro, a Sé de Braga. Não esquecer do Bom Jesus, que não é só para ser visto e fotografado do fundo, mas tem também de ser vencido, degrau a degrau, até ao topo. Para que não se cansem muito, há que seguir também a história das capelas que se encontram em cada patamar. Vão ver que vale a pena o esforço e a dor de pernas que terão no dia a seguir.

Não julguem, no entanto, que Braga se faz apenas de igrejas e referências católicas. É claro que não. Existem imensos museus que podem visitar, outros tantos lagos, jardins e praças e, enquanto o tempo não melhora, existem umas excelentes salas fechadas, onde se realizam todo o tipo de eventos culturais que vale a pena ver.

Se pensam que esta cidade nada mais tem para oferecer… enganam-se. Existe uma panóplia de eventos anuais, que podem ser apreciados e que agradam a gregos e a troianos:

  • Encontro de cantares de “Reis e Janeiras” — Janeiro
  • Programa “Comédia em Movimento” — entre Janeiro a Março
  • Tributo a Zeca Afonso – Fevereiro
  • MUSICAL GULBENKIAN, Musical dos Alunos do Conservatório – Fevereiro
  • Braga Jazz — Março
  • AGRO, Feira Internacional da Agricultura, Pecuária e Alimentação — Março
  • Feira do Livro de Braga — Dezembro
  • Festival de Teatro da Nova Comédia Bracarense — Abril e Maio
  • Braga Romana – Maio/Junho
  • Mimarte, Festival de Teatro de Rua de Braga — Julho
  • Festival Internacional de Folclore de Braga — Agosto
  • TROVAS, Festival de Tunas Femininas — Outubro
  • Grande Prémio Agulha de Ouro — Novembro
  • CELTA, Certame Lusitano de Tunas Académicas (Tuna de Ciências da Universidade do Minho) — Dezembro
  • BragaNoivos – Casar no Minho (a maior feira do casamento em Portugal)
  • BragaDecor – Feira do Mobiliário, Decoração e Design
  • FUAP – Festival Universitário de Artes Performativas

Entre estes, existem outros que não devem ser perdidos. Portanto, se as finanças estiverem apertadas e mesmo assim querem um fim-de-semana de descanso e de enriquecimento cultural, Braga é, com toda a certeza, uma excelente escolha. Para todos os adpetos do desporto rei e, quem sabe, de grandes projectos arquitectónicos, não se esqueçam de passar no Estádio Municipal de Braga, também conhecido como o Estádio da Pedreira.

Share this article
Shareable URL
Prev Post

A Ciência de contar Histórias será mesmo uma Ciência?

Next Post

A Voz que Conquistou o Mundo – As Sopranos (parte 2)

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Read next

Afectos

Todos necessitamos de afecto e sobre isso não existe qualquer réstia de dúvida. Dizer que essa coisa de…

Amadurecer é viver

A vida dá-nos muitas coisas boas, mesmo que às vezes seja difícil ver isso. Uma dessas coisas é termos a…