+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

Back to Black

Tinha interesse em ver este filme e conhecer a história de Amy Winehouse. Amy tinha uma voz única e inconfundível. E era um verdadeiro ícone de estilo. Tinha um look original q.b., com os seus vestidos vintage, cabelo apanhado num coque retro, estilo “colmeia”, e os olhos marcados pelo eyeliner negro. Tudo nela possuía a sua assinatura, assim como as tatuagens com que cobria a pele.

Encontrei tudo isto e muito mais no cinema. A protagonista Marisa Abela (Amy Winehose) interpreta-a na perfeição. Mostra-nos a sua intensidade e rebeldia, a adição ao álcool e às drogas, e sobretudo o seu Amor pela música.

Nasceu a 14 de Setembro de 1983, em Londres. Além de cantora, Amy também foi compositora e multi-instrumentista. Combinou uma série de géneros musicais, tais como soul, jazz, R&B e ritmos caribenhos.

Tornou-se a grande vencedora dos Grammys em Fevereiro de 2008. Foi distinguida nas categorias de melhor Gravação do Ano e melhor Canção com “Rehab”, Artista Revelação, melhor Álbum Pop por “Back to BlacK”, e melhor voz Pop Feminina.

Ficamos a conhecer a sua cumplicidade com a avó materna, a sua maior fonte de Inspiração. E o apoio incondicional do pai. Eddie Marsan é Mitch Winehouse, Assistimos também à sua paixão turbulenta por Jack O’ Connell (Black Fielder-Civil), um autêntico “bad boy”, com quem chega a casar.

Conheceram-se num bar onde partilham uma bebida, jogam bilhar e conversam sobre música. Têm gostos semelhantes, e há química entre ambos.

O filme é realizado por Sam-Taylor Johnson.

Amy continua presente sempre que ouvimos as suas canções

Querem saber mais, o final do filme? Vão ao cinema.

Deixo o “link” de algumas canções:

Back to black
You know I´m no good
Share this article
Shareable URL
Prev Post

“Leme”, de Madalena Sá Fernandes

Next Post

A paciência é amarga, mas o seu fruto é doce

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Read next

Na forma de Allen…

Uma vez mais e como nos tem sido habitual, Allen, realizador de Annie Hall (1977), Manhattan (1979) e Blue…

A Uma Hora Incerta

Dentro do panorama do cinema português, Carlos Saboga é um nome a reter e não referimos apenas o seu trabalho…