Paula Castanheira

Paula Castanheira

Vivo dos números. Débitos e créditos preencheram-me os dias, mas foi nas palavras que encontrei balanço. Sou de partilhas e detesto o 'nacional carneirismo'. Não aceite que me formatem o pensamento e as emoções. A massificação comportamental deixa-me nervosa e adoro falar sobre temas fraturantes. Que se discutam religiões, touradas e sexo, sem rodeios ou medos. Que se assuma o racismo como coisa real e transversal da sociedade. Adoro destronar a mole de indignados de sofá, que prolifera e destrói o pensamento livre. Sou do mar, do sol, das caminhadas. As viagens são um bálsamo pra vida. Uma existência sem livros, é um deserto estéril, sem cor! Aprender todos os dias é o meu lema. A simultaneidade excita-me a energia. Adoro fazer acontecer! Sorrisos, abraços e elogios são remédios infalíveis para muitos dos males do mundo. Sinto enorme gratidão, por um dia ter percebido que os desafios são para agarrar e que levar os dias a cores, torna tudo bem mais engraçado. Porque a vida é mesmo, um lugar fantástico!
As vacas afinal são balofas!

As vacas afinal são balofas!

Liberdade, eleições, pensamento, povo, respeito, opções, direitos, obrigações, pluralidade, igualdade, justiça, autodeterminação, Estado de Direito… Algumas das palavras que me…
Começar aqui e agora!

Começar aqui e agora!

Para onde vamos? O que existe para lá da esquina? Quem seriamos nós, se a própria morte se fizesse anunciar?…
Lisboa bela e traiçoeira

Lisboa bela e traiçoeira

Sou fã incondicional da ´nossa´ Lisboa. Aprendi, talvez tardiamente, a apreciar-lhe os encantos. Gosto de ser turista na minha cidade…
Back to top button
Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker