+1 202 555 0180

Have a question, comment, or concern? Our dedicated team of experts is ready to hear and assist you. Reach us through our social media, phone, or live chat.

A Nova Era de Dolly Parton

Dolly Parton, a rainha da música country, atualmente se encontra no coração do Rock and Roll com a sua mais recente criação, “Rockstar”. Lançado em 17 de novembro de 2023, este álbum une o novo, o velho, e algumas das vozes mais icónicas do mundo das guitarras elétricas, marcando o salto inesperado de Parton para o género do rock.

No estilo característico de Dolly, a jornada até “Rockstar” é tão intrigante quanto o próprio álbum. Induzida ao Hall da Fama do Rock & Roll contra sua vontade há apenas um ano, Parton se viu lidando com o peso de um gênero no qual ela não sentia ter conquistado seu lugar. Mas, sempre firme, decidiu seguir em frente e transformar a situação em uma oportunidade.

Parton revela que, em certo momento, imaginou gravar um álbum de rock no estilo de Linda Ronstadt, mas achou que estava ficando um pouco “vintage” demais para tais aventuras. Então, o destino interveio e a ideia de “Rockstar” nasceu. Uma coleção de covers e originais que reúnem a lendária Dolly Parton e alguns dos maiores nomes do rock.

O álbum é um playground sonoro, apresentando colaborações com a realeza do rock, como Sting, Peter Frampton, Debbie Harry e Pat Benatar. Parton até tentou reunir os Beatles, convencendo Paul McCartney a emprestar sua voz para uma versão de “Let It Be” e Ringo Starr a entrar na bateria.

World on Fire“, o single principal, é uma obra-prima com acordes poderosos e uma frustração temática que espelha o caos do mundo. Com letras que alfinetam políticos gananciosos, é um hino poderoso que transcende a política para Parton, que insiste que as letras são sobre salvar o mundo, não fazer pose política.

Contudo, não deixe a persona de estrela do rock te enganar. Parton, com seu humor característico, afirma que “Rockstar” provavelmente será seu primeiro e último álbum de rock. A lenda country já está de olho em novos horizontes, contemplando um álbum de R&B ou Blues.

Com 30 faixas, “Rockstar” é uma jornada musical. Nove canções originais, alguns sucessos do passado de Parton e hinos clássicos do rock reimaginados com um toque mágico de Dolly. A lista de faixas eclética varia desde a poderosa “World on Fire” até a nostálgica “My Blue Tears“, mostrando a versatilidade de uma mulher que conquista gêneros há décadas.

Então, Dolly Parton é uma rockstar? Sem dúvida, mas, como ela admite brincando, ela será sempre uma garota country no coração. “Rockstar” não é apenas um álbum, é um testemunho do espírito inabalável de um ícone que, em sua idade, ainda pode balançar o mundo com estilo e atitude. Dolly Parton nos mostrou que quando a vida te da uma indução ao Hall da Fama do Rock & Roll, você pode muito bem transformá-la em uma obra-prima do rock.

Nota: Este artigo foi escrito seguindo as regras do Português do Brasil.
Share this article
Shareable URL
Prev Post

The Ultimatum: Marry or Move On

Next Post

O País laicamente católico

Deixe um comentário

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Read next

The Pink Star

A Pink é uma força da natureza. Não só pela personalidade, mas também pelo que canta e pelo seu timbre de voz,…

Perfume a Paris

Encontrei na rua um velho amigo dela que me disse que ela se tinha suicidado uns meses antes. Não compreendi. Ou…

The Fabelmans

Finalmente um grande filme! Talvez fosse a sala a propiciar, com o ambiente de bafio saboroso de outro tempo e o…