Desporto

Vieira reeleito como presidente do Benfica

Dirigente venceu com 83,02 por cento dos votos.

Luís Filipe Vieira foi reeleito presidente do Benfica, após ter vencido com 83,02 por cento dos votos. 18139 sócios que se deslocaram ao Estádio da Luz, às casas do Benfica de Famalicão, Coimbra, Évora e Faro, ou que votaram através da Internet (no caso de viverem nas regiões autónomas da Madeira e dos Açores ou no estrangeiro), preferiram manter Vieira no leme do clube. Apenas 3744 votantes escolheram o candidato da Lista B, Rui Rangel.

Filipe Vieira, de 63 anos, vai assim para o quarto mandato e vai tornar-se no presidente que esteve mais tempo à frente dos «encarnados». Durante os nove anos que já leva de presidência, o Benfica conquistou dois campeonatos, uma Taça de Portugal, uma Supertaça e quatro Taças da Liga. No início da campanha, Vieira avisava: «O meu objectivo é unir, mas não esperem que fique de braços cruzados, quando alguns querem voltar atrás e comprometer tudo o que foi feito até aqui, tudo quanto conseguimos nestes anos». Deixava também antever o futuro do clube: «Os próximos quatro anos vão ser muito difíceis e exigentes, vão obrigar a um grande esforço. Vão ser anos de muitas dificuldades económicas, em que vamos ter de respeitar os nossos compromissos». Por seu lado, Rui Rangel, juíz de 56 anos, acreditava que o ciclo de Vieira ia chegar ao fim: «Tudo na vida tem um tempo e o desta direcção chegou ao fim.»

O candidato da Lista B, sob o lema «Benfica aos Benfiquistas», propunha-se a auditar o passivo do Benfica e a reforçar a equipa de futebol profissional. «A venda de um dia para o outro do Javi Garcia e do Witsel representa 70 a 80 por cento do futebol do Benfica. Evidentemente que se tornou mais frágil, menos dinâmico, ficou com uma estrutura muito mais fraca e assim é difícil o Benfica ser campeão. Em Janeiro, iremos, naturalmente, ao mercado, mas para suprir falhas que a equipa tem. Não temos, por exemplo, um substituto para o Maxi Pereira», referiu.

Já Luís Filipe Vieira apresentou como trunfo José Eduardo Moniz (que havia sido seu opositor em 2009) para a vice-presidência do clube, anunciou descontos nos preços das quotas e dos bilhetes e centralizou os direitos televisivos dos jogos no canal do clube, o Benfica TV, após ter rejeitado uma proposta de renovação com a Olivedesportos para os próximos cinco anos, num negócio que envolvia 111 milhões de euros.

Contudo, estas eleições, que contaram com a maior votação da história do clube, foram igualmente marcadas por fortes trocas de acusações entre os dois intervenientes. Rui Rangel acusou Vieira de «ameaçar e intimidar» funcionários para mudarem o seu sentido de voto: «Tivémos informação de que têm existido ameaças e intimidações à estrutura de funcionários do Benfica relativamente aos votos. Recentemente, Domingos Soares de Oliveira [administrador da SAD] disse que sabe perfeitamente quem são os benfiquistas que marcam presença no estádio, para que tenham medo de votar livremente». Por seu turno, Luís Filipe Vieira referiu que a presidência «não é um emprego remunerado, nem um lugar para pagar dívidas pessoais», chegando mesmo a atacar Rangel ao dizer que «tem de deixar de ser juiz». «Os delitos de qualquer cidadão são punidos. E os praticados por um juiz? Onde está o Conselho Superior de Magistratura, que é o órgão disciplinar dos juizes? Por bem menos tem actuado e punido juizes.»

Apesar de ter aceite bem a derrota, Rui Rangel rejeita colaborar e confessa que vai ficar atento à presidência de Vieira: «Sou um homem de carácter e verticalidade. Não colaboro com quem recorreu à difamação. Eu não critico pessoas, critico esta gestão que, do ponto de vista desportivo, vai no caminho errado.»

Tags
Show More

Nélio Moreira

Tenho 24 anos e sou mestre em Jornalismo pela Escola Superior de Comunicação Social. A área que mais me agrada é o desporto. Adoro escrever sobre qualquer modalidade, embora dê um maior destaque ao futebol, pelo que o jornalismo desportivo é uma vertente à qual vou estar sempre ligado.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: