Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
CrónicasEuropaPolítica

Uma questão de hipocrisia (mais uma vez)

Vou, com toda a certeza, ser acusado de ser chato mas é-me de todo impossível ficar impávido e sereno perante as tropelias que a nossa Europa, ou melhor, que a actual Europa vai cometendo sem que surja um qualquer Líder Europeu que coloque de vez este TGV nos carris antes do desastre.

E tudo isto, porque acho ridícula a forma como a Europa está a tratar a questão dos refugiados que diariamente são tratados como “escumalha” em Calais e em Lampedusa. A “praga” de Cameron tem, a meu ver, uma solução mais humana que a que está a ser seguida pelas autoridades europeias. O problema é que, tal como na situação grega, não se quer seguir por esta via, porque isto como está dá um certo jeito. Ora vejamos.

Uma grande maioria dos Refugiados são oriundos de zonas onde o conflito armado os obriga a ter de fugir do seu país, como sucede na Síria por exemplo, outros vêm de países sub-desenvolvidos, onde a miséria os obriga a ter de escolher entre morrer à fome ou tentar uma última jornada em nome da sobrevivência. A isto junta-se um país sem rei, nem roque por obra e graça de Inglaterra/França/NATO de nome Líbia que está muito próximo do Velho Continente. Só mesmo por “milagre” a tal “praga” de Cameron não se tornaria real. Os ingredientes sempre estiveram presentes e a Velha Europa limitou-se a mistura-los no seu enorme caldeirão. O resultado final é o que todos sabemos. Assim como a resposta ao problema.

Como deveria, então, a Europa reagir ao problema dos Refugiados? A resposta é simples: Recebe-los. Recebe-los e proteger tais da extorsão e exploração a que vão ser sujeitos da parte dos Europeus que não olham a meios para a obtenção de lucro fácil. Este é que deveria ser o comportamento de TODOS os Líderes Europeus, dado que foram estes que criaram a situação em que muitas das pessoas que buscam refúgio no Velho Continente se encontram. Porém, não tem sido este o caminho seguido por gente que olha para este problema como se de uma doença se tratasse. Os Líderes Europeus preferem tratar todos os Refugiados como Criminosos que, como vulgos saltimbancos, devem ser combatidos pela Marinha, Exército e Policia como se o direito a viver e a ter dignidade fosse um exclusivo de alguns (poucos) Povos Europeus. De todos não é seguramente e a Grécia é um dos bons exemplos disto mesmo.

Tags
Show More

Pedro Silva

"É preciso provocar sistematicamente confusão. Isso promove a criatividade. Tudo aquilo que é contraditório gera vida." (Salvador Dalí) Crítico, opinativo e com mente aberta. É isto que caracteriza um Cronista.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: