Oops! It appears that you have disabled your Javascript. In order for you to see this page as it is meant to appear, we ask that you please re-enable your Javascript!
SociedadeSociedade

Uma prenda de Natal e um copo de Coca-Cola

É gordo, tem barbas brancas e veste-se de vermelho. É um ícone do Natal. E, queiram ou não, um ícone da Coca-Cola. A marca do refrigerante mais famoso do mundo é a responsável pela actual imagem do Pai Natal.

O Pai Natal tal como o conhecemos foi desenhado nos anos 30 pela Coca-Cola e surgiu pela primeira vez num anúncio da marca em 1931. O objetivo era atingir o público mais jovem, envolvendo-o num mundo imaginário, num mundo de magia, em que aparece o alegre Pai Natal.

Antes disso, esta personagem havia sido retratada de inúmeras formas. A tradição do Pai Natal, no mundo anglo-saxónico, recua até São Nicolau, um bispo que viveu no século IV e que dava prendas e ajudava os mais pobres. Contudo, o cativante senhor barbudo vestido de vermelho está intimamente relacionado com a Coca-Cola.

Em 1920, apareceu pela primeira vez num anuncio da marca, mas só com os desenhos de Haddon Sundblom para o anúncio de 1931 é que surge a imagem que todos temos em mente. O ilustrador inspirou-se no poema “A Visit From St. Nicholas” de Clement Clark Moore e no seu amigo Lou Prentiss, um vendedor reformado, para desenhar a personagem afetuosa que todos conhecemos. O artista desenhou o actual Pai Natal até 1964, tendo-se usado, nos últimos anos, a si mesmo como modelo.

O Pai Natal tornou-se num ícone do Natal. E, queiram ou não, num ícone da Coca-Cola. A marca do refrigerante mais famoso do mundo é a responsável pela actual imagem, já que a globalizou com os seus anúncios e que é indiscutível a influencia dos desenhos de Sundblom no imaginário criado em torno da época natalícia. Portanto, que venha o Pai Natal e, se quiser, que venha acompanhado por um copo de Coca-Cola.

Tags
Show More

Marisa Mourão

Estudante de Ciências da Comunicação na Universidade do Minho. É apaixonada por uma boa história. Ainda é das que acredita que os media podem ajudar na construção de uma cidadania ativa.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: