EstiloLifestyle

Uma passagem de ano especial.

Sesimbra é uma vila portuguesa pertencente ao Distrito de Setúbal. Fica sensivelmente a 30 km de distância de Lisboa.

A vila têm uma das passagens de ano mais icónicas do país. Enquanto de norte a sul de Portugal, quando o relógio dá as doze badaladas, todos os rostos estão virados para o céu a admirar os maravilhosos fogos de artificio, em SesimbraAR_fimdeanonautico_3 é diferente. Lá a festa mete água mas é por uma boa razão. Os mais radicais vestem os fatos de mergulho, as garrafas de oxigénio e o champanhe acompanhado das doze uvas passas da praxe. Isto é algo que não pode faltar num momento como este. Os vizinhos deste brinde podem ser as sardinhas e os peixes-espadas que se passeiam pelo fundo do mar. Um dos mergulhadores explica como se pode beber debaixo de água: “quando abrimos o champanhe a pressão dentro da garrafa é superior à pressão no exterior. Quando se destapa a garrafa o champanhe entra na boca por si próprio. Fazemos tudo o que se faz à superfície”.

Enquanto um bando de bravos passa o novo ano debaixo de água, a restante população corre até ao muro da marginal. Os mergulhadores ficam, em média, meia-hora debaixo de água e quando sobem ainda conseguem ver parte do espectáculo.

Mais uma vez, nesta terra, o mar e a terra unem-se para festejar a vida, uma nova vida que se reinventa a cada ano AR_fimdeanonautico_2que passa. É desta forma que quem estiver nesta região do país pode passar do ano de 2015 para 2016. Os participantes vão embarcar na zona do Porto de Abrigo e deslocar-se até à Praia da Califórnia, onde entrarão na água com luzes para fazerem a habitual coreografia à meia-noite, ao mesmo tempo, fogo de artifício encherá de cor o céu de Sesimbra. Nos anos em que as condições atmosféricas e o estado do mar não o permitem, a celebração desloca-se para a zona do Porto de Abrigo ou para a Praia do Ouro (em frente ao Hote do Mar).

Este ano o programa das festas refere a apresentação de um espectáculo pirotécnico, de quinze anos, com o tema “Tempestade”, de Vivaldi. Para acompanhar os fogos ainda haverá a música do DJ Marc Soul, a partir de um dos baluartes da Fortaleza de Santiago e muita animação nos bares e restaurantes da Marginal. Antes da meia-noite, um grupo de mergulhadores vai passar entre a multidão e entrar nas águas da Baía para voltar a dar vida a esta tradição, que representa a forte ligação de Sesimbra ao mar e afirma a vila como um dos mais importantes destinos de mergulho de Portugal.

AR_fimdeanonautico_1

A tradição começou no ano de 2007. Meia centena de mergulhadores decidiu festejar debaixo de água o novo ano. Nesse ano à meia-noite acenderam um conjunto de lanternas que formavam o ano de 2008. Desde então, o Réveillon Subaquático passou a ser uma das imagens de marca da vila.

A baía de Sesimbra (mais precisamente o Parque Marinho Professor Luís Saldanha) é considerada um dos melhores destinos europeus para a prática de mergulho.

Tags
Show More

Andreia Rodrigues

Fui para jornalismo pois sempre me interessou o que se está a passar no mundo e gostaria de fazer parte dessas mudanças. Sou comunicativa e uma amante das artes. Na escrita sinto que ganho assas para viver outras vidas e penso que é um grande complemento ao jornalismo. A criatividade é a minha principal faceta e a vontade de trabalhar e aprender cada vez mais a gasolina que me move em busca do meu lugar ao sol no mundo da comunicação social.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: