CulturaCultura

Uma dança cheia de equilíbrio

As danças folclores são danças que pertencem à cultura ou etnia de uma região, de um país ou de uma comunidade, mais concretamente à cultura popular. A dança encontra-se mundialmente estendida, sendo uma das artes mais antigas. Faz parte da identidade cultural de cada um dos diferentes povos do mundo e é através dela que se expressam os seus pensamentos, as suas crenças e os seus valores.

A Dança das Garrafas (ou em espanhol “Baile de las Botellas”) é uma dança do folclore paraguaio, sendo a única a ser dançada neste país de forma individual e onde a pessoa que dança só pode ser uma mulher.

As dançarinas, vestem-se com trajes tradicionais de longas saias coloridas. No início da dança, têm apenas uma garrafa em cima da cabeça, enquanto giram e fazem movimentos com as saias, porém, no final do espectáculo, as dançarinas podem chegar a carregar na cabeça até 6 ou 8 garrafas sobrepostas uma em cima da outra.

MG_umadancacheiadeequilibrio_1A coreografia é livre e é a dançarina quem improvisa cada passo, enquanto segura a saia com as mãos e realiza movimentos com ela. Para manter o equilíbrio das garrafas que carrega na cabeça, deve manter uma posição corporal erguida, mas, ao mesmo tempo, relaxada, para desta maneira dar a impressão de que está a dançar sem pensar nas garrafas que carrega.

O número de garrafas que podem ser enfileiradas na cabeça das dançarinas, pode variar e deve-se dizer que as garrafas são adicionadas aos poucos por um ajudante, que costuma estar em cima de uma escada e que se encarrega de empilhar garrafas em cima da cabeça das dançarinas.

Esta dança de movimentos elegantes, é realizada em todo tipo de festas nacionais do Paraguai e, ao contrário de outras danças tradicionais no mundo, não tem uma música própria. Contudo, na maioria das vezes, costuma ser dançada ao ritmo de uma polka paraguaia.

Há duas explicações no que toca ao surgimento desta dança tradicional. Por um lado, acredita-se que esta dança teve origem nas chamadas “promeseras”, nas quais as mulheres ofereciam água aos trabalhadores do campo. Estas mulheres carregavam as garrafas na cabeça com grande habilidade e equilíbrio, com o objectivo de acabar com a intensa sede dos camponeses. Por outro, diz-se que esta dança surgiu como uma variante das chamadas “galoperas”, que é uma dança grupal de mulheres, onde as dançarinas carregam um jarro na cabeça. Conta-se que, em certa ocasião, uma dançarina desta outra dança, sem querer, deixou cair o jarro com o qual dançava, pelo que teve que improvisar e terminar a dança com o que conseguiu encontrar, garrafas de vidro.

Elegante e cheia de equilíbrio, assim é a Dança das Garrafas do Paraguai.

Tags
Show More

Maria J Gutierrez

Bióloga de profissão, amante da natureza e de todas as suas formas de vida, desde os seres mais gigantes até aos mais pequeninos. Não há nada como estar com a família, descobrir o mundo, aprender, ler um bom livro e cervejinhas com os amigos.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: