PersonalidadesSociedade

Ryan Reynolds: Um moço com pinta

“Sou bom a ter piada”

Assim se descreve Ryan Reynolds de 40 anos. A comédia sempre se destacou na vida profissional do actor. Quando foi escolhido para o papel do mercenário tagarela, “Deadpool“, não houve grande surpresa. Afinal a mediática personagem da Marvel criada em 1991, afirmou-se com aparência idêntica a Ryan Reynolds numa publicação em 2004. A ironia, é a principal característica do anti-herói que também é um dos traços principais da personalidade de Reynolds. O destino juntou-os e só havia uma opção: Ryan ser a principal escolha para Deadpool no cinema. A sua primeira aparição no grande ecrã, foi completamente rejeitada. A má construção do filme “X-Men Origens: Wolverine (2004) foi a principal causa da decepção dos fãs. Uma nova oportunidade surgiu em 2016, quando voltou a interpretar a personagem, num filme próprio. O sucesso foi tanto que imediatamente foi confirmado um segundo filme.

De descendência canadiana, nasceu em Vancouver a 23 de Outubro de 1976. A escola não era o seu sítio favorito e curiosamente chumbou à disciplina de representação. Na altura apenas sonhava em ser comediante.

Eu era rápido. Sabia que não era nenhum Robin Williams, mas conseguia utilizar o ambiente em meu redor para ser engraçado“, comentou o ator numa entrevista ao The Observer.

Começou cedo a trabalhar. Para juntar algum dinheiro, foi ajudante numa mercearia. No entanto, logo descobriu que tinha o “à vontade” necessário para estar à frente das câmaras, foi escolhido para aparece na novela nacional “Hillside“. Desapontado com a falta de trabalho no Canadá, fez as malas rumo a Los Angels.

Com um amigo e sem destino, Reynolds ambicionava participar na escola de comédia “The Groundlings“. Para sua surpresa, não entrou. Com 17 anos, longe de casa e à procura de emprego, começa a participar em audições. Reynolds relembra que não foi fácil.

Na altura Califórnia foi devastada por um dos piores El Ninõs e todos os dias chovia. Para mim era muito mau, pois vivia numa carrinha com apenas uma porta e tudo se molhava. Chegava a ir a audições com roupa num saco de plástico, enquanto o resto da carrinha secava“, refere o actor sobre a sua primeira experiência em Hollywood.

Em 1998, conseguiu um papel na série Two Guys, a Girl and a Pizza Place“. A sua carreira começou a ser lançada. Em 2002, foi escolhido para ser o protagonista de “Van Wilder“, considerado actualmente como um clássico de culto. “Blade Trinity” (2004), “Amityville: A Mansão do Diabo” (2005), “À Vontade do Freguês” (2005), “Apenas Amigos” (2005), “Para Sempre Talvez” (2008), “A Proposta” (2009) e “Lanterna Verde” (2011) são filmes que fazem parte do currículo do actor. Diversificando os géneros: desde ação, drama e fição científica, com o seu novo filme “Vida Inteligente“, mas ainda se admite como um homem de comédia.

“Eu não terminei com os filmes de comédia românticas, apenas considero que os melhores são difíceis de encontrar“, afirma o ator.

Apesar de se manter fiel à sua carreira, ultimamente tem abdicado desse posto. Dedica-se à família com mais frequência. Desde 2012 que é casado com a actriz Blake Lively (“Gossip Girl“) e já é pai de duas meninas: James (2014) e Ines (2016). “Sou uma pessoa totalmente diferente. Se me perguntassem há anos sobre a minha situação actual, eu provavelmente seria cínico“, refere o actor numa entrevista. O tom de brincadeira é um constante no seu diálogo. Antes de ser casado com Blake Lively, esteve noivo da cantora Alanis Morissette e esteve casado com Scarlett Johansson durante três anos. Vive a vida intensamente e não se preocupa com o passado, a frente é o caminho.

Ryan Reynolds podia passar despercebido há uns anos em Hollywood, mas agora não. É o herói mais cómico e desapropriado do cinema e já foi considerado o homem mais sexy do planeta várias vezes. Não tem papas na língua e, por isso, promove a insensatez. Um moço divertido que nos faz sentir imediatamente à vontade, criando a empatia necessária para conquistar o público.

Tags
Show More

Célia Paula

Licenciada em Ciências da Comunicação, adoro escrever e ler. Sou lontra de sofá, amante de filmes e séries de televisão, vejo tudo o que que posso. Aprendiz de geek, vivo num mundo de fantasia. Adoro a vida, e ainda há tanto para descobrir.

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: