Tuesday, Aug 22, 2017
HomeCrónicasRadicais? Só os da Direitola Portuguesa com certeza!

Radicais? Só os da Direitola Portuguesa com certeza!

1 – Agora que está, finalmente, virada a página da questão Governo eis que agora vemos, com a maior das clarezas, quem são os radicais. E não, os radicais não se encontram à Esquerda embora Pedro passos Coelho e Paulo Portas insistam nesta mentira pois para eles uma mentira contada muitas vezes torna-se verdade.

Os verdadeiros radicais encontram-se na Direitola liderada há já muito tempo pro Pedro passos Coelho e Paulo Portas. Isto porque somente os radicais vão para a Assembleia da República chorar de tanto rir dos discursos daqueles que não são da sua cor política. Só os radicais abandonam, à força, um Governo minoritário que os próprios criaram com a ajuda e colaboração do Presidente da República. Só os radicais é que se lembrariam de gastar o mais possível do dinheiro disponível nos cofres do Estado ao saberem que irão sair do Governo para que o próximo Governo tenha dificuldades em apresentar a Bruxelas um Défice de 3% que lhe permita tomar outro rumo senão o da austeridade bruta e cega. Por último, só mesmo os radicais é que se lembrariam de levar a cabo a venda ruinosa da TAP (e outros do sector dos Transportes Públicos) e o maior número possível de nomeações para cargos intermédios do Estado.

E como se não bastasse as taxas de juro da Dívida Pública Portuguesa tem vindo a baixar (neste momento estão em valores negativos) desde que foi anunciado o fim do Executivo Passos/Portas e a formação do Executivo de António Costa, apoiado por Bloco de Esquerda, Partido Comunista Português e Partido Ecologista Os Verdes.

Radicais meus Srs. e Sras. apoiantes da Direitola são os vossos amados líderes do PSD e CDS-PP e não os outros. As provas de tal são mais do que muitas e só não vê quem não quer.

2 – Já que falei aqui na TAP aproveito para demonstrar, mais uma vez, quem são os radicais.

Quando o Executivo Passos/Portas traçava como objectivo a privatização de determinada empresa qual era a estratégia seguida? Primeiro fazia tudo por tudo para arruinar as contas da dita Empresa para que esta veja na privatização a única hipótese de sobrevivência ou caso tal não fosse possível criava-se um Concurso Público e quando não aparecia algum interessado ou não vencia o grupo desejado eis que o Executivo passos/Portas partia de imediato para o ajuste directo.

Ora face ao exposto pergunto: Serão tais atitudes próprias de um Governo moderado?

E já para que não se retirem aqui conclusões precipitadas há que dizer, desde já, que não sou contra a privatização da Empresas como a TAP, STCP, Metro do Porto, Estaleiros de Viana, etc.. Sou é contra a “chio espertice” que com o tempo cria situações embaraçosas como a que vimos na semana passada quando veio a público a intenção que o novo dono da TAP tem de encerrar o Aeroporto Sá Carneiro.

3 – Só para encerrar o capítulo dos radicais gostaria de trazer até aqui a figura patética, ridícula e absolutamente desrespeitosa como Pedro Passos Coelho, Marco António e Luís Montenegro se comportaram quando Mário Centeno, actual Ministro das Finanças, esclarecia a nossa Assembleia da República sobre a forma como irá tentar lidar com a nossa frágil Banca.

O assunto é demasiado sério e complexo para que três Deputados tenham a distinta lata de se rir às gargalhadas como se de um filme cómico se trate. É uma enorme falta de respeito para com todos nós, Portugueses, dado que ainda hoje estamos apagar as aventuras Banif e Novo Banco, dois enormes “buracos Negros” problemáticos que assolam todo o nosso sistema bancário.

Relembro que foi esta gente que disse, por mais do que uma vez, estar disponível para negociar uma solução para a sua vitória minoritária nas últimas eleições legislativas

Resumindo e concluindo: Radicai? Só os da Direitola Portuguesa com certeza!

4 – Tudo está na mesma relativamente ao Daesh. E não me admira o facto de a Turquia ter iniciado agora uma espécie de “Guerra fria” com a Rússia. Isto porque a NATO, como máquina de Guerra que é, está muito mais preocupada em manter os seus membros a “brincar aos soldadinhos de chumbo” próximo da fronteira com a Rússia e ir anexando Países do Leste (violando o Tratado celebrado com os Russos em 1990) do que em acabar com um grupo de assassinos de pessoas inocentes.

E mais não digo porque não é preciso.

Star Wars Episódio
O excesso de program

pedrosilva2978@gmail.com

"É preciso provocar sistematicamente confusão. Isso promove a criatividade. Tudo aquilo que é contraditório gera vida." (Salvador Dalí) Crítico, opinativo e com mente aberta. É isto que caracteriza um Cronista.

Rate This Article:
NO COMMENTS

LEAVE A COMMENT