Lifestyle

Programas de Talentos sem Talentos (?)

Got Talent Portugal e Achas que sabes dançar são os programas que aos Domingos à noite entretêm o público actualmente. Porém, antes desses eram vários outros que passaram aos Domingos à noite: as várias edições de Ídolos, Rising Star, A tua Cara não me é Estranha Kids, Cante se Puder, The Voice Portugal, Uma Canção para Ti, Canta Comigo, Factor X… Muitos talentos para um país tão pequeno. Muitos concorrentes, escolhidos previamente entre milhares de outros candidatos, chegando aos programas ao vivo menos de vinte. Ganhando um só.

Procuram “o” talento de Portugal. Aquele que sabe cantar melhor, aquele que sabe dançar melhor, ou que tenha algum talento que o distinga dos outros. Para além do prémio monetário que lhes é dado no final, é-lhes prometido fama e sucesso.

Miguel Guerreiro, David Gomes, Diogo Piçarra, Filipe Pinto, Sandra Pereira, Filipe Santos. São estes alguns dos vencedores dos programas de talento. Conhecidos por aqueles que viam os programas aos Domingos, mas já não tão conhecidos pelos outros. A fama diminui, quando os programas acabam, e são substituídos por outros ídolos, assim que os programas recomeçam com outros participantes. Alguns ainda têm pequenas participações nos programas de Domingo à tarde na SIC, ou na TVI, mas ainda são poucos. Outros participam em novelas, como Beatriz Costa e David Gomes, concorrentes do programa Uma Canção para ti. Ou tentam a sua sorte noutro programa de talentos, tal como fez Carlos Costa, que primeiro participou nos Ídolos, depois tentou mostrar o seu talento no The Voice Portugal. É certo que uns continuam a gravar discos, mas não têm a fama que os programas prometeram.

Será que não têm talento, ou será que o país não está preparado para novos talentos? Ou será que a indústria musical e do cinema é demasiado complexa para conseguirem penetrar nela?

Quem ganha mais nestes programas são mesmo os apresentadores, que normalmente são as figuras mais queridas para o público, e o júri. Para além dos salários, mais fama, há mais um emprego, para além daqueles que já tenham. Mourão dos Santos, Roberta Medina, Luís Jardim, ou Alexandra Lencastre. São alguns dos nomes dos jurados destes programas que falavam todos sobre todos os concorrentes, que tinham mais tempo numa emissão do que um concorrente. Caras conhecidas que atraem por si só telespectadores.

Talvez seja por isso que programas como Dança com as Estrelas, ou A tua Cara não me é Estranha têm como concorrentes, para além dos jurados e dos apresentadores, figuras conhecidas: actores, cantores, apresentadores.  Será que o público procura talentos, ou só entretenimento e não se importam quem esteja no palco? Ou o problema destes programas é outro?

Tags
Show More

Silvia Burlacu

"Escrever é uma maneira de pensar que não se consegue pelo pensamento apenas. Todos os constrangimentos sintácticos e gramaticais da escrita, em vez de nos reprimirem, levam-nos a encontrar frases que não existiam antes de serem escritas, que não podiam existir de outra forma." Miguel Esteves Cardoso

Related Articles

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios marcados com *

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.

Check Also

Close

Adblock Detected

Please consider supporting us by disabling your ad blocker
%d bloggers like this: